Destaques Esporte

Cruzeiro conquista três vitórias seguidas

18 de agosto de 2020

Arthur Caike deve estrear pelo Cruzeiro na próxima quinta, 20. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O Cruzeiro superou a perda de seis pontos na Fifa pela dívida da contratação do volante Denílson e arrancou com três vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro. Na estreia, o time bateu o Botafogo-SP, por 2 a 1, no dia 8, no Mineirão. Na última terça-feira, 11, foi a vez de vencer o Guarani, por 3 a 2, no Brinco de Ouro, em Campinas. Já neste domingo, 16, ganhou do Figueirense, por 1 a 0, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. A sequência positiva da Raposa surpreendeu até mesmo o técnico Enderson Moreira.

A gente trabalha para isso, mas os jogos são difíceis, a gente precisa ter muita concentração. Todos os times agora têm um objetivo muito claro de poder conquistar uma das quatro vagas. Eu, particularmente, sempre achei que a gente fosse demorar mais tempo para poder se desgarrar. A gente também não está em uma situação tão favorável. Ainda precisamos manter uma sequência de bons resultados, de pontuar rodada a rodada, acho que isso é importante. Mas estamos com os pés no chão, sabendo que muita coisa precisa ser melhorada”.

No domingo o Cruzeiro lidou com dificuldades, já que precisou conter volume de jogo superior do Figueirense, especialmente nos últimos 45 minutos. Contra o Guarani, a equipe celeste saiu atrás no placar, virou ainda na etapa inicial, e demonstrou reação rápida no segundo tempo ao marcar o terceiro gol, aos 29min, pouco depois de o adversário ter empatado. Situação semelhantes havia acontecido diante do Botafogo: a Raposa levou o gol já no fim do jogo, aos 40min do segundo tempo, e mesmo assim teve forças para buscar o resultado positivo, aos 42min.
Ao avaliar o desempenho contra o Figueirense, Enderson reconheceu os percalços da equipe, porém enalteceu o ganho de confiança para crescer na Série B mediante vitórias.

Nono colocado da Série B, o Cruzeiro voltará a jogar pela competição na próxima quinta-feira, 20, às 21h, contra a Chapecoense, no Mineirão. Enderson Moreira pretende utilizar o recém-contratado Arthur Caike no decorrer do segundo tempo. O aproveitamento dependerá da evolução do atacante de 28 anos nos treinamentos de segunda, terça e quarta na Toca.

O Arthur Caike é um jogador que chegou recentemente. Temos três treinamentos para observar como será o desenvolvimento dele e se ele teria condição de participar de uma parte do jogo. Para início, com certeza não. Mas como opção, podemos trabalhar e verificar isso”, disse o treinador.