Destaques Geral

Corpo de Bombeiros reforça orientações para banhistas

30 de setembro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – De janeiro a setembro de 2020, foram registradas quatro ocorrências envolvendo resgates em cachoeiras na região. A informação é da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar de Passos. O último caso ocorreu no dia 27 de junho, quando Felipe Tadeu Benedito, de 30 anos, desapareceu após pular de uma embarcação nas imediações da ponte do Rio Turvo, em Capitólio. As buscas duraram cerca de 20 dias, mas o corpo não foi encontrado. No mesmo período do ano passado, segundo a corporação foram seis ocorrências de resgate na região.

Com o aumento nas temperaturas, o comandante do Corpo de Bombeiros, Daniel Anconi de Sousa, aponta alguns cuidados que os banhistas devem tomar para evitar acidentes, incluindo as trombas d’água, que são formadas com a ocorrência de chuvas nas nascentes ou em trechos mais altos em rios e córregos. Segundo ele, os banhistas devem ficar atentos a mudanças climáticas que possam indicar chuvas nas cabeceiras de córregos e rios.

É essencial ficar de olho nas crianças, não ingerir bebida alcoólica quando for nadar, não permanecer em locais com embarcações ou com o nível de água acima da cintura e, ainda, não participar de brincadeiras perigosas. Ao identificar um afogamento, o ideal é que não tente salvar a vítima, para evitar que o acidente se torne ainda maior. Neste caso, aconselhamos que procure um objeto flutuante que possa ser lançado até o local e, assim, a pessoa consiga chegar até a margem, em segurança”, disse o comandante.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais lançou uma cartilha informativa com precauções que devem ser tomadas para garantir a segurança em locais para nado e passeios náuticos. O arquivo também conta com uma lista de itens que devem ser levados e ressalta os cuidados com a pele e com a alimentação dos banhistas. Para os interessados, o material está disponível no site www.bombeiros.mg.gov.br e pode ser baixado gratuitamente.

Disque 193

Em casos de afogamentos ou quaisquer acidentes que necessitem resgate, os bombeiros podem ser acionados pelo número 193. Nas situações que exijam socorros médicos ou transporte de vítimas, a ligação deve ser feita para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pelo 192.