Destaques Geral

Comércio e produtores artesanais relatam aumento na procura por ovos de Páscoa

2 de março de 2021

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

PASSOS – A procura por ovos de Páscoa e de chocolate tem sido melhor em 2021 do que no ano passado, apontam comerciantes e profissionais que atuam na produção artesanal. Na loja onde Jeniffer Caroline Mezêncio trabalha, a procura está alta e as vendas são consideradas boas.

As pessoas estão procurando e as vendas estão dentro do esperado. Nossas embalagens de papel chumbo e outras já chegaram. Também temos caixinhas, fitas, coelhos de pelúcia e todo tipo de embalagem para os clientes”, disse.

Segundo Monalisa Evelin Gontijo Pereira, consultora de vendas, a demanda está grande e que houve contratações para o período. “Contudo, esse ano, nossa produção foi menor. Isso porque houve uma dificuldade na compra do papel para embalar os produtos. Isso tem ocorrido no país todo. Então, quem quiser os produtos vai ter que correr”, disse.

Monalisa afirma que as novidades para esta Páscoa são os ovos de paçoca e o mil folhas de doce de leite, além dos brindes para as crianças.  “Nossos ovos acompanham pantufas, toucas, chaveiros, mochilas e até fone de ouvido sem fio, tudo para agradar os pequenos”, contou.

Os preços vão de R$5,50, ovo de 40 gramas, até R$99,99, para um de 400 gramas. “Também contratamos pessoal para nos ajudar no período e, conforme for a procura pelos doces, vamos contratar mais pessoas”, disse. A gerente de vendas Rosane Rodrigues Melo afirma que, na loja onde trabalha, as barras de chocolate têm sido o produto mais vendido.

Nosso forte é para o pessoal que confecciona em casa. Como fizemos os pedidos em novembro, pois as indústrias que nos fornecem os papéis para embrulhar os ovos nos alertaram que o material poderia faltar, nos organizamos com antecedência”, explica.

Segundo ela, fevereiro foi um mês com ótimas vendas.

Esse ano está melhor que o ano passado, quando as pessoas estavam mais assustadas com a pandemia. Acabaram comprando num período curto, em cima da hora, mas foi um período lucrativo. Este ano vai ser bom. Já estamos sentindo a diferença na procura pelos produtos”, finalizou.


Produção artesanal é oportunidade de renda extra

PASSOS – O jovem Wanderley Sincinato Júnior, de 21 anos, ficou desempregado por conta da pandemia e encontrou na produção de ovos de Páscoa a oportunidade para gerar renda. A confeiteira Lenilda Souza atua na produção de ovos de Páscoa há mais tempo e investe em cursos e treinamento para melhorar a qualidade dos produtos.

Para Wanderley, a produção de ovos de Páscoa tem sido uma alternativa para superar dificuldades financeiras durante a pandemia do novo coronavírus. “Sempre tive vontade de ter um negócio próprio. Comecei a divulgar pelas redes sociais e tenho recebido muitas encomendas”, contou o jovem. Segundo ele, a procura por ovos de chocolate neste ano está grande.

O negócio é que a maioria das pessoas deixa para última hora, aí não tem jeito, por isso é bom que, quem quiser presentear alguém ou se deliciar com o chocolate, encomende antes”, disse. Segundo Wanderley, a expectativa é de superar 100 ovos no período da Páscoa. “Tenho ovos de 250 gramas até um quilo e de vários sabores, como creme de avelã, musse de maracujá, brigadeiro e até de açaí. Além disso, tem os ovos de colher, que estão na lista dos mais procurados”, disse. Segundo ele, os preços variam de R$20 a R$100.

A confeiteira Lenilda Souza, investe na produção de ovos para obter uma renda extra para a família.

Já mexo com produtos para a Páscoa há algum tempo. Estava desempregada, fiz diversos cursos em empresas da cidade e comecei a vender. Primeiro, eu fazia só trufas, a veio a Páscoa, fiz mais cursos, fui me especializando e comecei as vendas”, disse.