Coluna MG Destaques

Comércio com desconto no IPTU

13 de julho de 2020

Tendo em vista as perdas financeiras provocadas pelo fechamento parcial do comércio durante a pandemia da Covid-19 no município de Barroso, o prefeito municipal editou Decreto que concede descontos especiais no IPTU para estabelecimentos comerciais. Um mês antes, por meio de Decreto, o município já havia concedido anistia de juros e multas de impostos dos imóveis comerciais e também do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza e Taxa de Localização, referentes a 2019 e 2020. (Jornal Panorama – Baempendi)

O que você também vai ler neste artigo:

  • Ministério anuncia R$ 800 mil à UFJF
  • Circuito recebe certificação
  • Primeiro CastraMóvel
  • Aplicativo doa 3 mil corridas
  • Varginha terá plataforma online
  • Cartão de vacinação
  • Habilitados 12 leitos UTI

Ministério anuncia R$ 800 mil à UFJF

O Ministério da Educação anunciou que vai destinar R$ 800 mil à Universidade Federal de Juiz de Fora. O valor faz parte dos R$ 253,9 milhões anunciados pela pasta federal, na última sexta-feira, 3, a serem repassados a universidades em todo país. Segundo o MEC, os recursos devem ser investidos em três frentes: segurança, com ações para combate a incêndio e pânico, acessibilidade e vigilância monitorada; redução de despesas futuras e outros. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Circuito recebe certificação

A Instância de Governança Regional do Circuito Turístico Serras e Cachoeiras foi Certificada pela Secretaria Estadual de Turismo de Minas Gerais. De acordo com a documentação apresentada para o processo de certificação neste ano de 2020 em que a entidade é reconhecida como Instância de Governança Regional (IGR), tendo como referência o Decreto Estadual a SEcult/MG emitiu os pareceres reconhecendo essas IGR’S. (O Vigilante Online- Leopoldina)

Primeiro CastraMóvel

O prefeito Paulo Piau apresentou à população nesta quarta-feira, 8, o primeiro CastraMóvel de Uberaba. O CastraMóvel vai funcionar em veículo do tipo carretinha-reboque-baú acoplado em automotor onde vai ser realizada a castração gratuita e itinerante de animais de pequeno porte, por profissionais capacitados, dentro do Programa de Manejo Populacional de Cães e Gatos. (Jornal Cidade- Uberaba)

Aplicativo doa 3 mil corridas

O aplicativo de transporte de passageiros 99 fez a doação de 3 mil corridas para a Prefeitura de Uberlândia com o intuito de auxiliar a locomoção de profissionais da rede pública de saúde durante as ações de enfrentamento à Covid-19. Os cupons gratuitos já foram disponibilizados. De acordo com as informações divulgadas pela empresa, a única orientação é que as corridas não estejam associadas a atividades que coloquem em risco a saúde e segurança dos motoristas parceiros. (Diário de Uberlândia)

Varginha terá plataforma online

A Prefeitura de Varginha, por meio da Secretaria Municipal de Saúde realizou uma parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), onde passou a integrar o programa “Mais Saúde em Casa.” Trata-se de uma plataforma online gratuita criada pela universidade de ensino visando o atendimento remoto e esclarecimento de dúvidas sobre o coronavírus. As pessoas podem solicitar atendimento por videochamada através do aparelho celular ou computador. (Correio do Sul- Varginha)

Cartão de vacinação

Os pais que forem matricular os filhos na rede de ensino em Governador Valadares vão ter que, a partir de agora, obrigatoriamente, apresentar o cartão de vacinação da criança. Isso porque, foi sancionada e publicada a Lei de autoria do Vereador Enes Cândido, que estabelece a obrigatoriedade da apresentação do Cartão de Vacina do aluno para matrícula nas escolas das redes pública e privada do município. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

Habilitados 12 leitos UTI

O Ministério da Saúde habilitou o funcionamento de mais 12 novos leitos de UTIno Hospital São Lourenço com valor total de R$1,7 Milhão em investimentos. A instituição atende pacientes da cidade e dos municípios da microrregião de São Lourenço-MG. Conforme a Portaria, as habilitações valem pelo período de 90 dias, podendo ser prorrogadas até o fim da situação de emergência em saúde pública causa pelo novo coronavírus.

Rede de Notícias do Sindijori MG