Destaques Geral

Com frio intenso, Secretaria de Saúde orienta uso de máscaras nas escolas

GABRIELLA ALUX

19 de Maio de 2022

O uso da máscara é apenas uma recomendação informal

PASSOS – Após queda na temperatura em Passos, que chegou a 7º C nesta quarta-feira, 18, a secretária de saúde do município, Vanessa Cristina da Silva Freire, passou a orientar as escolas para que os alunos voltem a usar máscara de proteção facial contra a covid-19. Segundo ela, foi feita apenas uma recomendação informal à rede municipal de ensino e não consta como uma obrigatoriedade ou necessidade de decretos, por exemplo.

A única orientação é porque, com o frio excessivo, queremos evitar que as crianças fiquem com alguma síndrome gripal, ainda mais porque foi observado um aumento no número de atendimento em unidades de saúde e, também, na Unidade de Pronto Atendimento, principalmente em crianças. Por isso, a máscara é um cuidado a mais que estamos orientando, mas sabemos também que é complicado exigir obrigatoriedade, então, por enquanto, o uso é para quem sente necessidade e vontade”, declarou a secretária.

Vanessa informou ainda que já esperava um aumento de casos de pessoas com síndrome gripal. Com isso, já providenciou estender os horários das unidades de saúde, manter o centro de referência e aumentar o número da equipe médica para reforçar os ambulatórios. Ela conta que também houve um aumento no número de casos de covid-19, mas nenhum foi proveniente de alunos entre as escolas municipais, então a recomendação seria justamente para prevenção.

Com crianças, é complicado, porque não tem exatamente um certo ou errado. Como elas ficaram muito tempo em casa, poderia ter alguma situação de vulnerabilidade agora que está convivendo com outras pessoas e, principalmente, com a brusca queda na temperatura. Em escolas particulares e estaduais, já estamos vendo essa orientação na prática, minha opinião é que é realmente um cuidado a mais necessário. Então, quem puder usar, que use a máscara”, declarou.

A diretora de uma escola particular, Creide Ponçansini, informou que, desde que começaram a aparecer mais casos no município neste mês, a escola implementou novamente o uso de máscaras, além de orientar os pais e alunos sobre o equipamento facial, ainda que não seja obrigatório. Ela conta que está acompanhando os números relacionados a doença na Santa Cada e como a escola é um ambiente coletivo, além das festas e encontros com participações desses pais e alunos, resolveu adotar o uso das máscaras em sala de aula para evitar qualquer contaminação.

Estamos pedindo o uso de máscaras por conta da covid e também devido aos resfriados, que são comuns nesta época, que acomete bastante alunos com síndrome gripal. Sabemos que estamos diante de uma frente fria que também colabora muito para a aparição de resfriados e alergias, então é importante cuidar do próximo nesse sentido. Os alunos também estão aderindo de forma tranquila, sem resistência, e minha expectativa é que, nos próximos meses, após o inverno, possamos retirar novamente a recomendação do uso de máscaras”, finalizou Creide.