Destaques Esporte

COB confirma período de treinos na Europa

13 de julho de 2020

Time Brasil em embarque para viagem internacional. / Foto: Divulgação

SÃO PAULO – O Comitê Olímpico do Brasil (COB) confirmou que o Time Brasil fará um período de treinamentos na Europa. A confirmação veio após autorização do Governo de Portugal para que os brasileiros embarquem a partir da próxima sexta. As primeiras modalidades a enviarem atletas serão boxe, ginástica, judô, nado artístico e natação. Ao todo, 74 atletas serão contemplados nesta primeira leva. O embarque será no Aeroporto de Viracopos, em Campinas-SP.

Apesar da liberação, atletas e integrantes das comissões técnicas seguirão um rigoroso protocolo de combate ao coronavírus. A Missão Europa terá duração de julho a dezembro e tem como principal objetivo dar suporte à retomada de treinamentos dos atletas classificados ou com potencial de classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A ideia do COB é enviar até 200 atletas na Missão.
A autorização de entrada para o Time Brasil em Portugal se baseou nas condições especiais previstas para brasileiros em exercício de atividade profissional no país.

A legislação recentemente publicada em Portugal prevê condições especiais para atividades de natureza profissional, o que no nosso entendimento se aplica à missão olímpica brasileira. Assim, procuramos encontrar os melhores caminhos e sensibilizar as autoridades nacionais para que não haja quaisquer problemas relativos às chegadas dos atletas brasileiros e ao controle de entrada no aeroporto de Lisboa” afirmou o presidente do Comitê Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino.

Para conseguir realizar a operação, o COB desenvolveu protocolos rígidos como testagem de todos os integrantes da delegação brasileira 72h antes do embarque. A entidade informou que só poderão viajar aqueles cujos testes derem negativo para o novo coronavírus.

Assim que chegarem a Portugal, eles repetirão o procedimento e permanecerão em isolamento por 48 horas, até a divulgação do resultado da sorologia, quando estarão liberados para os treinamentos esportivos. Além disso, uma terceira testagem está prevista antes do regresso de cada atleta ou oficial ao Brasil.

O COB vinha planejando a Missão Europa desde o início de junho. No entanto, a restrição da União Europeia à entrada de pessoas dos países em que a pandemia não estava controlada ameaçou os planos da entidade, que vai gastar até R$ 18 milhões na Missão.