Destaques Geral

Cidades da região restringem entradas de ‘paulistas’

Por Adriana Dias / Redação

21 de Maio de 2020

as administrações municipais estão montando barreiras para proibir a entrada de veículos. / Foto: Divulgação

PASSOS – Com o anúncio do megaferiado em São Paulo, decretado pelo prefeito Bruno Covas, em que a cidade deve antecipar os feriados podendo ser de cinco ou até seis dias, algumas prefeituras da região fizeram decretos ou tomaram decisões para restringir a entrada de visitantes, buscando evitar aumento no número de casos de covid-19. Para isso, as administrações municipais estão montando barreiras para proibir a entrada de veículos com placas de outros lugares, como forma de desestimular que parentes e amigos visitem a região nestes dias, ou intensificar o controle sanitário.

Alpinópolis, Fortaleza de Minas, Carmo do Rio Claro, São Sebastião do Paraíso, Muzambinho, Guaxupé, Guaranésia e Juruaia estão usando de medidas proibitivas de entradas na cidade.

Em mais um decreto, o prefeito de Alpinópolis, José Gabriel dos Santos Filho, o Zé da Loja, definiu que o município vai contar com barreiras fixas e móveis, monitoradas pelos departamento municipais de Saúde e de Obras. Ficam proibidas a entrada de vans, ônibus de turismo e ônibus de linha intermunicipais. Também está restringindo a entrada de veículos com placas de cidades paulistas.

A Prefeitura de Fortaleza de Minas publicou, nesta quarta-feira, 20, um decreto que proíbe a entrada de veículos de outros municípios. A partir desta quinta-feira não mais será permitida a entrada de veículos de outras localidades no Município, ressalvados os que visam abastecer o comércio local.

O prefeito de Fortaleza de Minas, Adenilson Queiroz, justificou a medida como necessária para proteger a população.

Verificamos, através de dados coletados nas barreiras sanitárias, que está havendo grande fluxo de pessoas de cidades vizinhas e de cidades do Estado de São Paulo em Fortaleza. Não adianta adotarmos medidas de restrições ao comércio, suspensão das aulas e obrigatoriedade do uso de máscaras se deixarmos as portas da cidade abertas. Infelizmente, ainda temos muita gente achando que a covid é brincadeira e recebendo visitas de parentes e amigos de lugares com grande contaminação. Não sei se é falta de noção ou falta de amor próprio e aos familiares. Decidimos radicalizar e aqui não vai entrar. Não queremos pessoas visitando nossa cidade neste momento“, desabafou Queiroz.

Carmo do Rio Claro comunicou que vai restringir a entrada de veículos de São Paulo e todas as pessoas que vierem de outros municípios terão que ficar em isolamento. A proibição da entrada vale a princípio pelo período de 20 a 25 de maio. Além da restrição de entrada de veículos de São Paulo, todas as pessoas que vierem de outros municípios terão que ficar em isolamento.
Com o aumento do número de casos positivos nos municípios vizinhos a Carmo do Rio Claro e com o recorde de óbitos no Brasil, torna-se ainda mais importante as medidas de prevenção neste momento.

Em São Sebastião do Paraíso, a situação dos acessos é algo que o prefeito Walker Américo Oliveira vê como preocupante, uma vez que a cidade conta com 11 entradas. De acordo com sua assessoria de Comunicação, algumas estratégias estão sendo levantadas desde o momento do anúncio feito pelo prefeito de São Paulo. Dentre as medidas, a Prefeitura de Paraíso deverá colocar pessoal nas principais entradas da cidade para fazer o controle de pessoas, com a aferição de febre e também vai orientar para que parentes de pessoas que moram em outras cidades peçam aos familiares que não visitem Paraíso neste momento.

A Prefeitura de Passos iniciou nesta quarta-feira, 20, a instalação de barreiras sanitárias no município, como a Folha divulgou. No total, serão montados três pontos de inspeção nas principais entradas da cidade pelo acesso à rodovia MG-050, sendo estes: Avenida Arlindo Figueiredo, Avenida Juca Stockler e na BR-146 próximo ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).

Comandada pela brigada de enfrentamento municipal, as barreiras sanitárias têm como objetivo controlar o perfil das pessoas que chegam à cidade. Sendo assim, a fiscalização está autorizada a abordar motoristas e passageiros para realizar questionamentos relacionados ao novo coronavírus e ao período que os mesmos irão permanecer no município, além da aferição de
temperatura.

Em suas redes sociais a administração municipal de Passos fez um apelo aos parentes de passenses. Usando uma linda imagem do Santuário da Penha, pede que familiares deixem para visitar Passos em outro momento. “Não é hora de viajar. Neste momento precisamos ficar distantes. Mas, quando isso passar, Passos estará de portas abertas para recebê-los”.

Em Itaú de Minas o prefeito Ronilton Gomes Cintra informou que, para entrar na cidade, os veículos serão monitorados, porém, o município é um corredor onde a Rodovia MG-050 praticamente corta o centro da cidade. Então, é impossível colocar barreira na rodovia. São José da Barra o prefeito Paulo Sergio Leandro de Oliveira, o Serginho, fez decreto nesta quarta-feira, 20, e também fez barreiras fixas em entradas rurais que dão entrada na cidade.