Destaques Geral

Cidades adotam novas medidas

4 de junho de 2021

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – A Prefeitura de Passos alterou, por decreto publicado ontem, o horário de funcionamento no comércio. Segundo o documento, hipermercados e supermercados ficam autorizados a funcionar, de segunda a sábado, das 7h às 17h. Mercados, mercearias, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência, lanchonetes, estabelecimento de água mineral e de alimentos para animais estão autorizados a abrir até as 14h nos sábados.

Aos domingos e feriados, apenas é permitido funcionar atividades como padarias, farmácias, serviços de saúde de urgência e emergência, serviços veterinários de urgência e emergência e outros conforme o decreto. Os serviços no formato de delivery podem funcionar até às 0h, exceto com bebida alcoólicas, que apenas podem ser entregues de segunda a sexta, até às 17h.

Em Paraíso, novo decreto que entra em vigor a partir desta sexta-feira, 4, limita o horário de funcionamento até as 18h para o comércio e serviços em geral. Após este horário, somente segmentos como farmácias e drogarias, postos de combustíveis e hotéis e similares, empresas de segurança e hospitais e unidades de pronto atendimento poderão funcionar.

Em São João Batista do Glória, a prefeitura decretou toque de recolher das 20h às 5h, funcionamento de serviços essenciais e não essenciais até as 20h e, aos sábados, até às 18h, e retomou as barreiras sanitárias. Hoje, 3, neste domingo, 6, e no próximo, 13, será instituído lockdown, podendo funcionar apenas postos de combustíveis, farmácias e delivery.

O município de São José da Barra também retomou barreira sanitária e as entradas serão monitoradas a partir de hoje. “A cidade volta a pedir à população que mantenham todos os cuidados necessários e permaneçam em casa. A situação é extremamente preocupante”, diz a prefeitura, em nota.

A Prefeitura de Piumhi, desde ontem, 2, decretou lei seca, que proíbe a venda, distribuição e o fornecimento, inclusive por meio remoto, como delivery ou retirada no local, de bebidas alcoólicas em estabelecimentos de quaisquer natureza.

Para o estabelecimento que descumprir a lei seca, será aplicada uma multa de dez UPFP’s Unidade Padrão Fiscal de Piumhi (UPFP’s) e terá seu estabelecimento interditado por dez dias. Em caso de reincidência, será aplicada multa em dobro e interdição do estabelecimento por 30 dias.

Para denunciar algum descumprimento das medidas municipais previstas