Destaques Geral

Cessão de funcionários ao Hemominas gera insatisfação na rede municipal

Por Mayara de Carvalho / Redação

30 de janeiro de 2021

Foto: Arquivo FM

PASSOS – A Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Minas Gerais (Hemominas) tem contado com funcionários das equipes de saúde municipal de Passos para manter os atendimentos. Por conta da medida, unidades da rede municipal alegam que estão com desfalque. A fundação passa por dificuldades já há algum tempo. A Folha mostrou, na edição de 31 de dezembro de 2019, que os lanches para os doadores de sangue, bem como copos descartáveis e outros insumos, precisaram ser enviados para a Fundação por meio de doações de empreendedores da região e da população.

Atualmente, na Hemominas, há três médicos, sendo um contratado e dois cedidos pela Prefeitura de Passos. Também há quatro enfermeiros efetivos da Fundação, dois concursados municipais cedidos e seis técnicos de enfermagem, sendo dois concursados do Hemominas e quatro cedidos pela administração municipal, totalizando 15 profissionais. Profissionais da Rede Municipal de Saúde relatam que os funcionários foram cedidos por indicação política e recebem um adicional do Estado e que o ideal seria deixar esses profissionais na rede e direcionar contratos de emergência para a Fundação, com carga horária específica do Hemominas.

No último trimestre, dois enfermeiros foram cedidos, embora a unidade não necessite de todos estes profissionais, uma vez que a contração de técnicos de laboratório geraria economia para o município, bem como poderia liberar esses dois enfermeiros e os técnicos de enfermagem para ajudar na escala da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)”, disse Bruno Borges Reis, diretor técnico da unidade.

Segundo ele, a UPA é atingida diretamente e a população indiretamente com a falta de profissionais.

Nossos profissionais estão muito cansados e sobrecarregados, já que os atendimentos não param. Só estando lá para saber o que é um plantão de 12 horas. Os profissionais estão exaustos”, afirma.

Em nota, a assessoria do Hemominas informa que a cessão de servidores municipais à Fundação segue o Termo de Cooperação Mútua firmado entre prefeitura Municipal por meio do Decreto nº 1996 de 22 de dezembro de 2020. Em relação a concursos a fundação para suprir o quadro de pessoal, a instituição não apresentou datas, mas informou está realizando um estudo para avaliação da força de trabalho, para que o concurso seja realizado.