Destaques Geral

Cerca de 2,7 mil profissionais da Educação devem ser vacinados

5 de junho de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – No último dia 27 o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Bacchereti, explicou sobre a vacinação de profissionais da Educação. Segundo ele, a orientação do Ministério da Saúde é para que os municípios que já atenderam os grupos prioritários como aquelas pessoas com comorbidades e que a cidade possua disponibilidade de doses poderão ampliar para os próximos grupos de prioridade, como professores. Em Passos, pelo menos 2.264 pessoas deverão receber a dose da vacina contra a covid-19.

Em Passos, a Folha apurou que somente de escolas públicas municipais, estaduais e uma federal, pelo menos 2.409 devem ser vacinados. São profissionais da área da Educação que trabalham em creches, escolas do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Universidades. Na Universidade do Estado de Minas Gerais são 283 professores, 93 servidores administrativos e outros 100 terceirizados e 111 terceirizados MGS (motoristas, recepcionistas, responsáveis pela limpeza, vigias). No IF Sul de Minas são 115 servidores e 20 profissionais terceirizados.

Já os profissionais pertencentes à Superintendência Regional de Ensino, que são as escolas estaduais, são 980 apenas para Passos. Se somadas às outras cidades que têm sob a jurisdição da SRE somam-se outras 1.536.

“Em Passos estão incluídos os 90 servidores da SRE, pois muitos deles fazem atendimento nas escolas como é o caso de inspetores e analistas da Diretoria Pedagógica. Além do pessoal do atendimento aos pais, alunos e escolas, bem como protocolo. As 24 escolas municipais de Passos estão funcionando com atendimentos necessários de secretaria e parte administrativo/pedagógica, mas não com aulas presenciais”, afirmou Lael.

De acordo com a superintendente, Lael Keller da área de abrangência de Passos serão imunizados 151 de Alpinópolis; 31 de Bom Jesus da Penha; 93 de Capitólio; 149 de Carmo do Rio Claro; 43 de Córrego Fundo; 50 de Delfinópolis; 14 de Doresópolis; 35 de Fortaleza de Minas; de Formiga são 452 profissionais; de Pimenta outros 64; de Piumhi serão 203; de São João Batista do Glória 45; de São José da Barra outros 98; de São Roque de Minas exatos 80 e de Vargem Bonita 28 profissionais da Educação.

Já no município, de acordo com a secretária Municipal de Educação, Jane Hespanhol serão imunizados cerca de 1 mil profissionais imunizados. Destes 760 são professores e os outros são profissionais que atendem em áreas administrativas e serviços em geral no ensino fundamental nas 24 escolas.

“O sentimento que se tem neste momento é de esperança. Acreditamos que com a vacina, a doença fique menos contagiosa e possamos retornar em atividades presenciais nas escolas, mesmo que de forma híbrida. Até o momento o setor d e Epidemiologia só nos requisitou o número de professores, mas, esperamos sim que todos os profissionais recebam a vacina”, salientou.

Na Faculdade Atenas, conforme informou a assessora acadêmica e administrativa, Vanessa Luzia Queiroz Silva, são 82 profissionais de Educação na Instituição. São 24 professores, 16 preceptores, 21 técnicos administrativos, 2 coordenadores de curso, 10 da equipe de conservação e 9 vigias.

“A imunização dos profissionais da educação é uma medida essencial para o retorno total das atividades escolares presenciais. Tal importância já foi evidenciada cientificamente e inclusive contemplada pelo Ministério da Saúde no Plano Nacional de Imunização contra a covid-19”, disse.

A Folha não conseguiu levantar a quantidade de profissionais dos pólos de universidades de Ensino a Distância, nem das escolas particulares. Até o fechamento desta edição, tanto a prefeitura de Passos, quanto a Secretaria de Estado de Saúde não haviam informado como e nem quando serão disponibilizadas as doses e também não confirmaram as quantidades.