Destaques Geral

Cemig investe R$870 mil em usinas de energia solar em hospital de Cássia

10 de fevereiro de 2021

Instituição foi contemplada na Chamada Pública de 2019 e teve as obras concluídas recentemente. / Foto: Divulgação

Cássia – A Cemig concluiu as obras do Programa de Eficiência Energética (PEE) no Hospital São Francisco de Paulo, em Cássia. A instituição foi contemplada com recursos na Chamada Pública do PEE de 2019 e recebeu cerca de R$ 870 mil para instalação de usinas geradoras de energia solar fotovoltaica. O projeto prevê redução nos gastos com energia elétrica.

Com a instalação da usina solar fotovoltaica, a Cemig estima uma economia de 230 MWh por ano.

Essa economia com a conta de energia vai permitir que o Hospital São Francisco de Paulo aporte esses recursos em outras áreas da instituição, melhorando ainda mais a qualidade do atendimento”, explica a engenheira de Eficiência Energética da Cemig, Aline Pimenta.

Segundo informações da Cemig, as chamadas públicas ocorrem anualmente, desde 2015, e integram as iniciativas do Programa de Eficiência Energética da empresa, que é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ao todo, já foram aprovados cerca de 80 projetos que beneficiam, principalmente, prefeituras e serviços públicos, como universidades e hospitais. Em 2020, o PEE concluiu 16 projetos provenientes das Chamadas Públicas de 2017, 2018 e 2019 com investimento total de R$ 6.811.033,74.

O Programa Energia Inteligente da Cemig se baseia no incentivo à mudança de hábitos, resultando na redução e eliminação do desperdício como forma de bom uso e preservação dos recursos naturais. Somente em 2020, o PEE investiu cerca de R$ 50 milhões em diversos projetos no estado.

O Programa tem como objetivo combater o desperdício de energia elétrica por meio da substituição de equipamentos obsoletos por outros mais modernos, da introdução de medidas educativas para reduzir o desperdício e o valor da conta de energia, além de oferecer mais qualidade no trabalho de campo e garantir cada vez mais segurança na área da saúde nos municípios de concessão da empresa.