Cidadania Destaques

Cássia recebe doações do movimento Unidos pela Vacina

Por Gabriella Alux/ Especial

13 de Maio de 2021

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

CÁSSIA – O Magazine Luiza doou um freezer, dois notebooks e um bebedouro para a Secretaria de Saúde de Cássia. Os equipamentos estão sendo utilizados na imunização da população contra a covid-19 no município e foram doados por meio do movimento Unidos Pela Vacina, que surgiu por iniciativa do Grupo Mulheres do Brasil.

A Presidente do Conselho do Magazine Luiza e do Grupo Mulheres do Brasil, Luiza Helena Trajano, afirma que resolveu atuar em Cássia porque queria saber como funciona a logística de vacinação e quais as necessidades em cidades pequenas.

Entre as cidades adotadas pelo Magazine Luiza no Unidos Pela Vacina uma delas é Cássia. Resolvemos atuar lá porque estávamos procurando entender, por meio deste movimento, como funciona a logística de vacinação e quais as necessidades em cidades pequenas. Além disso, temos uma excelente relação com a cidade, a qual, desde a década de 90, foi escolhida para sediar uma loja virtual, e onde tanto eu quanto meus sobrinhos possuímos uma área rural. Foi uma aprendizagem e uma integração público/privada que nos ajudaram a entender processos para serem aplicados em outras cidades. O Unidos Pela Vacina deixará um legado de infraestrutura em milhares de municípios de todo o Brasil”, disse a empresária. Luiza visitou Cássia no início de abril deste ano.

De acordo com a secretária de Saúde do município, Eliane David, Cássia foi a cidade piloto para implantação do projeto Unidos pela Vacina, coordenado por um grupo de empresários que têm como objetivo acelerar e ajudar no processo da vacinação da população. Segundo ela, a ideia inicial era de comprar a vacina, mas, como ainda não existe essa opção no mercado, o projeto decidiu ajudar as cidades de outra forma.

No caso de Cássia, ajudaram na organização do fluxo dos usuários. Usamos o ginásio poliesportivo do município, onde a equipe deles montou a estrutura (gradil) permitindo que o público não se misture, separando quem vai tomar a 1ª e a 2ª dose contra a covid-19 e Influenza. Para maior conforto dos usuários e profissionais, recebemos um bebedouro de 50 litros, um freezer horizontal, para manutenção das vacinas na temperatura correta, e dois notebooks para lançamento da vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SPNI) em tempo real. O projeto nos ajudou muito a organizar e conseguir realizar o serviço com qualidade”, relatou Eliane.

Segundo a assessora de imprensa do movimento Unidos Pela Vacina, Paula Albani, Cássia ainda deve receber uma câmara fria para vacinas, mesas, cadeiras, ventiladores, filtro de água, freezer para gelo reutilizável e computadores. De acordo com ela, para cidades da região que aderiram ao programa, já foram repassados insumos como termômetro clínico, geladeira, notebook, impressora, bebedouro, luva cirúrgica e micro-ondas.

A proposta é ajudar o governo, estado e prefeituras a resolver os gargalos de logística para que a produção, distribuição e aplicação de vacinas aconteça. Os insumos que Cássia recebeu, por exemplo, vão agilizar e direcionar os esforços de uma forma mais clara para que a vacinação aconteça sem complicações”, afirmou Paula.

Segundo ela, o movimento Unidos Pela Vacina promove o amadrinhamento de municípios por empresas para fornecer ajuda.

A adoção se dá com o levantamento de necessidades da cidade, feito por meio de pesquisa com os 853 municípios de Minas. Cada um deles apontou seus principais gargalos. A partir daí, a empresa parceira se apresenta para o prefeito e faz a doação”, explicou.

Para participar do movimento e fazer doações por meio de parcerias, basta acessar o site Unidos Pela Vacina e enviar um e-mail para o endereço do estado onde fica a cidade que deseja ajudar.