Destaques Geral

Cássia flexibiliza abertura no comércio

7 de Maio de 2020

CÁSSIA – A prefeitura de Cássia publicou o decreto nº 051/2020 que dispõe sobre a adesão do município ao “Programa Minas Consciente, retomando a economia do jeito certo”, instituído pelo Governo Estadual, a fim de regulamentar a abertura dos serviços e comércios não essenciais.

De acordo com o decreto, salões de manicure, cabeleireiros e barbeiros, clínicas de estética e de fisioterapia poderão funcionar com atendimentos individualizados e com agendamento prévio.

Comércio de roupas, calçados, eletroeletrônicos, autoescolas, materiais de construções e demais estabelecimentos e prestadores de serviços de atendimento ao público poderão funcionar com apenas uma entrada de acesso, para o controle no número de cliente, e atendimento individualizado.

Os serviços de moto táxi voltarão a transportar passageiros, desde que haja a disponibilização de touca descartável e álcool 70%, além do uso de máscara de proteção. Academias de ginástica e de pilates poderão funcionar restritamente, com poucas pessoas, distanciamento e controle de tempo, além de algumas instruções a mais, como evitar as filas, realizar assepsia dos equipamentos, e não permitir a entrada de pessoas idosas ou com doenças crônicas.

Para todos, continua obrigatório o uso de máscara de proteção. O decreto adverte que haverá um aumento na fiscalização e no número de fiscais, além de aumentar o controle sanitário nas entradas da cidade.

Procedimentos

“É possível verificar que agora temos procedimentos técnicos melhores definidos. Estamos esperando o Estado publicar o nível de risco e o boletim completo, mas a metodologia é flexível, porque permite que, através do acompanhamento das avaliações do risco, pode-se gerenciar melhor a situação. Dependendo da avaliação, caso aumente o risco, por exemplo, será necessário restringir novamente”, comentou o prefeito Marco Leandro Almeida Arantes, o Kito Arantes.

“Ainda não passamos pelo ápice da contaminação do vírus. Só vamos estar com atividades comerciais desenvolvidas e melhorando, quando tiver um declínio de casos do coronavírus”, afirmou o prefeito.

A cidade de Cássia tem 79 casos notificados, 11 suspeitos sendo monitorados e uma pessoa internada. “Apesar de não haver casos confirmados, o município tem tendência a subir. O que me preocupa é a colheita de café, que ocorre aqui entre o final de maio e início de junho, e vem muitas pessoas. Estamos estudando a situação e tomando os devidos cuidados quanto à agricultura”, disse Arantes.

“Apesar disso tudo, nós temos que ter fé em Deus e crença na ciência e nas tecnologias”, finalizou o prefeito.