Cidadania Destaques

Cartas da campanha Papai Noel dos Correios já podem ser adotadas

26 de novembro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – Quem tem o costume de presentear crianças carentes no fim do ano já pode ficar tranquilo porque a campanha “Papai Noel dos Correios” foi adaptada ao formato digital, visando seguir as orientações de segurança para conter a disseminação do novo coronavírus. O município de Passos já está incluído no sistema, permitindo que os pequenos enviem seus pedidos de Natal. Além disso, a agência local também faz parte do projeto Corrente do Bem e todas as doações arrecadadas serão encaminhadas à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

De acordo com Suderli Nicolau de Barros, presidente da Apae, a colaboração popular é fundamental para os trabalhos desenvolvidos, já que a instituição depende das doações.

A parceria foi proposta pela Federação das Apaes de Minas Gerais. Sendo assim, quando as pessoas forem até a agência, elas serão questionadas se podem doar seu troco ou qualquer quantia. Trata-se de uma ação comum e semelhante às que costumamos ver em supermercados. Tudo o que recebermos será muito bem-vindo e de grande ajuda. Hoje, atendemos mais de 600 pessoas e oferecemos insumos como fraldas e cestas básicas, ou seja, é um trabalho realmente muito sério”, explicou.

Em relação à campanha Papai Noel dos Correios, após a adoção, a entrega dos presentes deve ser realizada pessoalmente, no local indicado pelo site – considerando que as medidas de segurança em saúde devem ser respeitadas, assim como o distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel 70%. Para preservar a identidade e a realidade das crianças beneficiadas, os endereços não serão divulgados a quem participar da campanha, deixando as entregas sob responsabilidade exclusiva da instituição.

Crianças de até 10 anos, em situação de vulnerabilidade social ou que estejam matriculadas até o 5º ano em escolas da rede pública, podem participar da campanha de Natal. As cartinhas devem ser manuscritas e, em seguida, fotografadas ou digitalizadas para o envio. Para acessar os materiais, interessados em se tornar padrinhos ou madrinhas devem acessar o endereço virtual www.blognoel.correios.com.br/app/index.php, que disponibiliza os documentos.

A campanha ainda tem a opção de “Padrinhos Corporativos” – nesta categoria, podem se candidatar empresas devidamente registradas e que estejam dispostas a adotar 80 ou mais cartinhas. Após o cadastro, os Correios se comprometem a entrar em contato para prestar informações detalhadas sobre as condições da iniciativa.

LEIA TAMBÉM: Funcionários da prefeitura protestam contra demissões