Destaques Política

Candidatos pretendem investir em câmeras e guarda municipal

Por Beatriz Silva / Redação

9 de novembro de 2020

propostas são investimento em câmeras e patrulhamento. / Foto: Divulgação

PASSOS – Os candidatos a prefeito de Passos apresentaram as propostas para a segurança pública. Disponíveis para consulta no portal virtual do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as promessas se aproximam em pontos considerados prioritários – o foco deve ser o investimento em câmeras e patrulhamento.

Seguindo a ordem de sorteio da Folha para apresentação dos planos de governo, Juarez Moreira buscará implantar uma política integral de segurança e convivência cidadã. Para isso, o candidato promete criar uma guarda comunitária, estimular ações de proteção da vida dos cidadãos e investir em estudos para a área de segurança pública.

Caso eleito, Virgínio Leopoldino pretende implantar uma unidade de guarda municipal em cada região de até 20 mil habitantes, com efetivo de pelo menos 100 agentes operando nas ruas até 2024. Ainda conforme suas propostas, o postulante planeja buscar a redução de crimes por meio de ações preventivas, comunitárias e ostensivas, como a instalação de câmeras e a criação de um sistema integrado de informações entre os diversos órgãos da prefeitura.

Também em relação a Leopoldino, o candidato objetiva criar o projeto denominado “Educação Recuperação, Passos Mais Segura”, para menores infratores, que, a partir do primeiro delito, serão acolhidos pela Secretaria de Assistência Social e, no contraturno escolar, participarão de diversas atividades, como esportes e lazer, cultura e capacitação profissional.


Guarda Civil

Diego Rodrigo de Oliveira deve criar a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (SMSPDS). Assim, as atividades na área de trânsito, defesa civil, vigilância do patrimônio público, bem como aquelas que já existem na área de segurança do município, serão remanejadas para essa pasta.

Com a finalidade de proporcionar mais segurança aos cidadãos, Oliveira pretende criar a guarda civil municipal, inicialmente composta por 60 integrantes selecionados por meio de concurso público. O candidato também buscará a criação de um Corpo de Bombeiros Voluntários e recursos financeiros para ampliar o programa “Olho Vivo”.

De modo semelhante aos demais postulantes, André Husemann Patti pretende investir em uma guarda municipal. O candidato intenciona, ainda, criar o Conselho de Segurança Municipal e a Regional da Polícia Militar em Passos, uma vez que, de acordo com ele, o espaço físico já está pronto e preparado para o funcionamento.

Aquiles Grintaci Vasconcellos deseja o controle da frota municipal aos moldes da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. Ao Passo que Rodrigo Moraes Soares Maia, além de fortalecer a parceria com a PM, com ampliação das câmeras em locais estratégicos da cidade, pretende implantar o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), o programa de estruturação da guarda municipal e realizar operações em parceria com os demais órgãos de segurança.

Por último, Alexandre Maia Lemos também implantará a guarda civil municipal, com efetivo próprio e de carreira. O candidato ainda pretende criar a “Coordenadoria Antidrogas”, para o combate ao uso de entorpecentes, e investir em câmera de seguranças.