Destaques Política

Candidatos a prefeito divulgam programas para a Educação

Por Beatriz Silva / Redação

30 de outubro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – Seis dos sete candidatos que concorrem à prefeitura de Passos enviaram à Justiça Eleitoral os planos de governo para a gestão do município no quadriênio 2021-2024. Nestes documentos, estão descritas as ações que pretendem executar ao longo dos quatro anos de mandato, se forem eleitos. Com base em tais propostas, disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Folha da Manhã inicia nesta edição, uma série com os principais pontos dos projetos de cada um dos postulantes.


 

O que você também vai ler neste artigo:

  • Bons modos
  • Moral, cívica e o patriotismo
  • Obesidade
  • Melhoria no transporte

Os políticos que disputam as eleições municipais 2020 levantam bandeiras como a revitalização de áreas da cidade, incentivo à geração de emprego, melhorias no transporte, alterações na rede municipal de ensino, além de desburocratização da máquina pública. Assim, para início desta série, a Folha destaca, a seguir, por ordem de sorteio, as principais propostas estipuladas para a área de educação.

Para fortalecer o ensino municipal, Rodrigo Maia pretende investir na educação em tempo integral. Caso eleito, o candidato promete, também, focar na merenda escolar que é oferecida aos alunos, garantindo refeições sob orientação de nutricionistas.

Conforme Maia, um dos desafios a serem enfrentados é extinguir a demanda por vagas em creches e Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis). O candidato ainda planeja investir em projetos pedagógicos, oferecer acesso à internet wireless nas unidades de educação, computadores e tablets, acervo de livros nas bibliotecas e reformas nas escolas. Para isso, o postulante buscará um apoiador que tenha visão da área de educação, com conhecimento suficiente para, além de pensar em toda a reestrutura do setor, gerir recursos evitando desperdícios.

O candidato ainda pretende trabalhar em parceria com a Assistência Social, Conselho Tutelar e Saúde, além de fortalecer convênio com Apae, assegurar o acesso à educação especializada aos educandos com necessidades e oferecer biblioteca e brinquedoteca itinerante.

Bons modos

Por sua vez, Aquiles Grintaci Vasconcellos (Dr. Aquiles) pretende extinguir o cargo de vice-diretor das escolas municipais. O postulante a prefeito visa, ainda, implantar, no ensino fundamental, matéria voltadas aos bons modos, patriotismo, moral e bons costumes, além de espelhar a didática das instituições municipais no Colégio Militar Tiradentes.

Já Juarez Moreira quer combater a evasão escolar, assim como desenvolver e implementar ações de promoção de saúde que sejam articuladas com os setores da educação. O candidato deve investir na formação de educadores multidisciplinares, que visitarão as famílias dos estudantes que apresentarem queda brusca de desempenho escolar, evasão ou taxa de infrequência superior a 60%, sinais de violência, negligência ou abandono, ou que residem em área de risco.

As informações técnicas coletadas serão registradas em formulário online, gerando um banco de dados a partir do qual devem ser produzidos relatórios analíticos para a Secretaria Municipal de Educação, para assim orientar ações integradas envolvendo as secretarias da área social, as associações de bairro e as próprias escolas. Caso Moreira eleito, a prefeitura implantará o “Programa de Educação Urbana”, que tem como objetivo estimular a consciência sobre a cidade, sua história, seus problemas e peculiaridades.


Moral, cívica e o patriotismo

PASSOS – No seu programa de governo, o candidato Diego Oliveira pretende criar o cargo de “agente disciplinador e irradiador de civismo”, que atuará nas escolas municipais, tendo como missão, às quartas-feiras, “dispor os alunos em forma”, por turma, promovendo o hasteamento da bandeira enquanto cantam o hino nacional. Esses profissionais também atuarão na entrada e saída dos alunos, fiscalizando e verificando possíveis anormalidades.

Oliveira planeja implementar aula de moral e cívica, com foco no relacionamento interpessoal, aspectos disciplinares e no amor à família e à pátria. Por meio das secretarias de Educação e Cultura, em parceria com a iniciativa privada, ainda propõe a criação de um projeto para que cada escola municipal tenha a sua banda de música permanente.

Também em relação aos projetos de Oliveira para a educação, o candidato quer investir em novas tecnologias para as salas de aula; valorizar os profissionais do magistério; disponibilizar novas vagas e qualificação de ensino; e ampliar e reformar unidades escolares.


Obesidade

André Patti pretende fomentar atividades de educação alimentar e  nutricional, impulsionando campanhas de combate ao desperdício alimentar e de prevenção à obesidade. Em seu plano de governo, está prevista a  promoção da educação para as competências criativas, garantindo a qualificação profissional para gestão de empreendimentos, cujo maior intuito é empregar a juventude.

Ele também pretende implementar um programa de educação ambiental permanente e incentivar a manutenção dos princípios da educação inclusiva, democrática e solidária, além de investir na educação em tempo integral e na oferta de cursos de libras para crianças, jovens e adultos.

Com a intenção de valorizar os profissionais da educação, André Patti quer implementar  processos de formação continuada dos educadores e demais profissionais. Quanto à estrutura escolar, o candidato pretende realizar cobertura das quadras das escolas, elaborar um plano de manutenção dos equipamentos da rede, implementar ações para entrega de uniformes e materiais escolares e garantir o acesso facilitado às escolas por meio da construção de novas unidades ou de transporte adequado e seguro.


Melhoria no transporte

O último sorteado, Alexandre Maia, planeja oferecer um enxoval básico para a frequência às aulas, que deve incluir uniforme de verão e inverno, material escolar básico, inclusive a mochila, cadernos, lápis, borracha e caneta. Também é compromisso do candidato o aperfeiçoamento do serviço de transporte escolar para os alunos da zona rural, além de merenda escolar  sugerida por profissional nutricionista.

Maia pretende implantar duas escolas técnicas profissionalizantes para preparação e inserção de jovens no mercado de trabalho – uma delas voltada ao setor de indústria (confeccionista e moveleira) e outra à prestação de serviços (comércio e turismo). Além de formar e capacitar jovens para o mercado de trabalho, as escolas técnicas terão a incumbência de reciclar profissionalmente adultos com mais de 40 anos de idade para reinseri-los no mercado.

LEIA TAMBÉM: CAMPANHA DÁ TRABALHO PARA A PM DA REGIÃO