Destaques Geral

Campanha Plantando o Futuro tem mais de 250 bebês inscritos

21 de setembro de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – A campanha Plantando o Futuro já tem mais de 250 crianças participantes, que terão seus nomes em árvores plantadas na Cidade da Saúde e do Saber. Segundo informações da Santa Casa de Passos, a campanha teve início em maio, porém, pela grande procura de mães e pais que tiveram seus filhos antes, abriu-se uma exceção para que nascidos de janeiro de 2021 até abril de 2022 estejam aptos a participar. Será plantada uma árvore, na Cidade da Saúde e do Saber, com o nome do bebê, de forma gratuita, para cada criança nascida na maternidade da Santa Casa de Passos.

O projeto Plantando o Futuro é mais uma iniciativa do hospital para obter ganhos ambientais voltados para o desenvolvimento sustentável, onde os recém-nascidos terão um papel importante, como os representantes das gerações futuras no projeto. O intuito é contribuir para um desenvolvimento sustentável e garantir um legado às próximas gerações.

“Cuidar da saúde vai além do cuidado da pessoa, mas também o cuidado do ambiente que ela está inserida. Nossas ações de hoje refletem diretamente em nossos futuros, sendo assim, as 250 árvores já garantidas equivalem a menos 35 toneladas de CO2 (gás carbônico), ao final de 20 anos. Além de eternizar o crescimento do seu filho, o projeto busca estabelecer uma melhora significativa para o meio ambiente”, argumentam os idealizadores do projeto.

A estimativa é que até maio de 2022, mais de 3 mil crianças terão o seu nome em uma árvore. Com essa quantidade de árvores plantadas, estima-se a retirada da atmosfera de em média 428 toneladas de CO2 por ano, em seus primeiros 20 anos de vida.

A importância de estabelecer projetos que fomentem a sustentabilidade é imensa e, para Eder Henrique Viana, engenheiro ambiental responsável, “o projeto Plantando o Futuro vai trazer diversos benefícios, para o entorno da Cidade da Saúde e do Saber e para a região. É possível destacarmos alguns deles de maior relevância, como a neutralização de gases do efeito estufa, e, consequentemente, melhorar o clima da nossa região, que tem sido algo muito discutido. Outro benefício é reflorestar áreas desmatadas e degradadas, principalmente ao redor da Cidade da Saúde e do Saber, e enriquecer a fauna e flora da região, plantando espécies nativas que vão atrair os animais que podem estar em risco. E, por final, podemos destacar o desenvolvimento da consciência ambiental através da implantação desse projeto, sendo um dos maiores intuitos da SCMP, preparar essa geração para desenvolver seu papel e fazer sua parte, deixando seu legado”, disse.

Segundo a gerente de Projetos, Letícia Vaz Pimenta, essa é uma pequena ação hoje, mas que terá grandes impactos no futuro “Tenho muito carinho nesse projeto, pois ele ressalta a importância das nossas ações de hoje e como serão refletidas no futuro, ou seja, evidenciando o legado que queremos deixar para as próximas gerações. Espero que esse projeto, proporcione uma mudança de comportamento generalizada na nossa comunidade, contribuindo para uma cultura mais consciente e sustentável”, afirma.

O plantio começa em outubro deste ano e serão mais de 300 espécies de árvores nativas, sendo as mudas doadas por Furnas, em parceria com a Santa Casa. Quem tiver interesse em participar da campanha, desde que o filho tenha nascido dentro do prazo do projeto, é só entrar em contato pelo telefone (35) 3529-6340 ou na maternidade da Santa Casa (35) 3529-1345.