Destaques Política

Câmara do Carmo inicia ciclo conferências formativas no Parlamento Jovem

11 de junho de 2021

A Câmara Municipal de Carmo do Rio Claro divulgou, nesta sexta-feira, 11, que vai iniciar um ciclo de palestras voltadas para o tema Meio Ambiente e desenvolvimento sustentável. Elas fazem parte da formação dos estudantes que participam do Parlamento Jovem (PJ), um projeto desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em parceria com diversas câmaras municipais do estado.

O primeiro evento, que ocorre de forma online por causa da pandemia, será ministrado pelo Arquiteto Urbanista e Designer de Produto com MBA em Gestão de Projetos Anderson Maércio dos Reis. Carmelitano, reside em Belo Horizonte e carrega um diversificado currículo na área, sempre alinhado a práticas de desenvolvimento sustentável.

Anderson Reis trabalhou cinco anos na Universidade do Estado (Uemg) como Arquiteto e Gerente de Obras e 11 anos na Companhia de Tecnologia do Estado de Minas Gerais (Prodemge) como Arquiteto e Gerente de Logística e Infraestrutura. Atualmente está na Axxiom Tecnologia onde atua como Gerente de Gente e Gestão, responsável pelas áreas de RH, Comunicação e Processos Internos.

Dentre os trabalhos desenvolvidos, o arquiteto carmelitano coordenou os projetos e estudos de campi da UEMG na capital e interior e o projeto de ocupação e transferência de parte da Prodemge para a Cidade Administrativa de Minas Gerais – CA.

No evento desta sexta-feira, Anderson Reis abordará o tema “Práticas sustentáveis e desenvolvimento econômico”. A partir desses eventos, os jovens parlamentares se formarão na temática e apresentarão propostas que serão discutidas na Plenária Municipal. As melhores propostas seguem para a Plenária Regional que elegerá as proposições que serão discutidas na Plenária Estadual que ocorrerá na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

O objetivo principal do PJ neste ano é fazer com que os jovens parlamentares pensem em propostas e soluções que equilibrem a conservação do meio ambiente às necessidades da vida moderna. Essas propostas também podem ser encaminhadas ao Poder Legislativo Municipal para que os vereadores às conduzam à prática.