Destaques Política

Câmara do Carmo adere ao programa Parlamento Jovem

12 de fevereiro de 2021

/ Foto: Divulgação

C. R. CLARO – A Câmara de Carmo do Rio Claro aprovou a instituição do projeto Parlamento Jovem no município. O Projeto de Resolução (PL) nº 004/2021 é de autoria do presidente Antônio Marcos Esteves (Marcos do Joaquim Batista) e dos vereadores Lucas Carielo, Carlos Antônio Ferreira (Carlinhos da Padaria) e Najara Ávila.

O PL institui e estrutura o Parlamento Jovem no âmbito da Câmara Municipal, que se inscreveu neste ano para participar como parceira do programa desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Almg). O projeto é voltado para estudantes do ensino médio, de 16 a 18 anos, de das escolas públicas e privadas do município e tem como finalidade despertar nos jovens a consciência da cidadania aliada à responsabilidade com seu meio social e sua comunidade.

Aborda vários temas que eu acho que traz para o adolescente mais consciência, mais responsabilidade e mais consciência política. Acho que nosso município só tem a ganhar”, disse a vereadora Najara Ávila.

A participação no Programa Parlamento Jovem está condicionada à prévia inscrição das escolas junto à Câmara por meio do termo de adesão. Ao se inscrever, os candidatos deverão escolher um entre os 19 partidos temáticos, como Partido da Cidadania ou Partido da Segurança Pública. Serão nove estudantes integrando o Parlamento Jovem por um ano, quando se encerra uma legislatura e se inicia a preparação para a próxima.

De acordo com o vereador Lucas Carielo, os projetos dos parlamentares jovens que mais se destacarem têm chance de ser apresentados em reunião realizada no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, servindo inclusive de iniciativa para o projeto ser votado na Almg. “Eu acho que vai ser uma conquista muito grande para Carmo do Rio Claro do ponto de vista político, principalmente na formação de cidadãos”, disse o vereador Lucas Carielo.

A Câmara carmelitana já mantém, desde 2013, o projeto Câmara Mirim, de autoria do atual presidente, Marcos do Joaquim Batista. Ele tem o mesmo propósito, mas trabalha com estudantes do ensino fundamental. Além de trabalhar a cidadania e responsabilidade social com os participantes, a eleição de 2020 contou com a participação efetiva de uma ex-vereadora mirim.

Na eleição passada, a gente teve uma vereadora, uma candidata, a uma vaga aqui na Casa, fruto daquele projeto que é a Melissa Melo”, comemorou o presidente Marcos do Joaquim Batista.