Destaques Geral

Câmara de Passos divulga balanço de projetos aprovados

27 de agosto de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS — A Câmara Municipal de Passos divulgou, nesta semana, o balanço atualizado das ações realizadas desde o início de 2017. Conforme o levantamento, até o momento foram apresentadas 559 propostas. Desse total, 318 projetos de lei, oito projetos de lei complementar e 122 projetos de resolução acabaram aprovados. As outras 111 proposições foram arquivadas.

Ao todo, 136 projetos aprovados e 20 arquivados são oriundos do Executivo. Já a mesa diretora da Câmara teve 45 pareceres positivos, sendo seis para projetos de lei e 39 para projetos de resolução. Quanto às propostas vindas de parlamentares, o vereador Erivelton Lemos Sant’ana (Téo Lemos) é o representante que mais possui aprovações. Foram 36 pareceres positivos neste mandato – 29 referentes a projetos de lei e sete a projetos de resolução. Além disso, 17 proposições de sua autoria foram arquivadas.

Já o parlamentar Alex de Paula Bueno teve 35 aprovações (27 projetos de lei e oito projetos de resolução) e 16 arquivamentos. João Serapião e Erick Freire Silveira registram 29 propostas aprovadas. Em relação ao primeiro vereador, foram 22 projetos de lei e sete projetos de resolução admitidos, enquanto no segundo caso, foram 19 projetos de lei e 10 de resolução.

O atual presidente da Câmara, Rodrigo Moraes Soares Maia, ocupa a quinta posição entre os vereadores com mais aprovações. Foram 26 propostas aprovadas, sendo 18 projetos de lei e oito projetos de resolução. Logo após, com 25 pareceres favoráveis, Iran Parreira registrou 16 projetos de lei e nove de resolução. Rodrigo Barreto teve 17 projetos de lei e sete de resolução aprovados desde 2017. Ele também viu três projetos de sua autoria serem arquivados.
As vereadoras Aline Macedo e Maria Aparecida dos Reis Jerônimo (Dona Cida) obtiveram – cada uma – 20 pareceres favoráveis. Aline apresentou 13 projetos de lei e sete projetos de resolução, e Dona Cina, 14 projetos de lei e seis de resolução.

Por fim, Isabel Ribeiro é autora de cinco propostas de lei e cinco projetos de resolução admitidos. O resultado é semelhante ao do parlamentar Raimundo Leandro, que também teve 10 aprovações – quatro projetos de lei e seis de resolução.