Destaques Política

Câmara de Passos adia projeto de eleições nas escolas

23 de junho de 2021

6 projetos de lei e dezesseis requerimentos foram aprovados:/ Reprodução

PASSOS – A Câmara Municipal de Passos realizou, na tarde da última segunda-feira, a 20ª reunião ordinária do ano. Na ordem do dia, os vereadores aprovaram seis projetos de lei e 16 requerimentos. Estava incluído na ordem do dia o projeto do Executivo que adia o prazo de realização de eleição para escolha de diretoras e vice-diretoras na rede municipal.

Requerimento assinado pelos vereadores Dentinho e Edmilson Amparado foi aprovado pelo plenário, adiando a votação para a próxima ordinária.

Em primeiro turno, o plenário aprovou projeto do Executivo que “Institui o programa banco de alimentos do município”. Outro projeto aprovado, enviado pelo Executivo, votado em segundo turno, “autoriza a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação apoiar, técnica e financeiramente as unidades executoras próprias (Uex)”.

Um terceiro projeto discutido em primeiro turno, enviado pelo prefeito Diego Oliveira, “autoriza o Executivo a celebrar termo de cooperação mútua com o colegiado de gestores municipais da assistência social do Estado de Minas Gerais (Cogemas)”

De autoria do vereador João Serapião, o plenário aprovou em primeiro turno projeto que “dispõe sobre a divulgação dos nomes e currículos dos ocupantes de cargos em comissão na Prefeitura e na Câmara de Vereadores”.

Um segundo projeto de autoria de João Serapião, acolhido pelo plenário, “institui a obrigatoriedade de publicação da relação de pessoas atendidas pelo programa de vacinação e imunização contra o covid-19 no município”.

Também de autoria de João Serapião, foi aprovado projeto que “dispõe sobre a fixação de placa informando o número telefônico do Conselho Tutelar em lugar visível, nos estabelecimentos de ensino público e privado do município”.

Covid: Luto

Portaria assinada pelo presidente da Câmara Municipal de Passos, vereador Alex Bueno, declarou “luto oficial no âmbito do Poder Legislativo, pelo prazo de três dias”, em memória das mais de 500 mil vítimas oficiais da covid-19 no País”. A portaria cita que, conforme as estatísticas da Prefeitura de Passos, divulgadas em 18 de junho, “apontam que 262 passenses foram vitimados pela covid-19”.