Destaques Política

Câmara aprova projetos de abertura de crédito no Carmo

21 de dezembro de 2020

Foto: Divulgação

CARMO R. CLARO – Na reunião ordinária desta semana, a Câmara de Carmo do Rio Claro aprovou três projetos enviados pela prefeitura do município que tratam de abertura de crédito. O Projeto de Lei 113/2020 solicita remanejamento entre pastas para possibilitar o repasse do valor recebido por meio da Lei Adir Blanc aos artistas carmelitanos.

O Projeto de Lei número 114/2020 pede abertura de crédito no valor de R$15 mil para cumprir com a contribuição junto a Alago, Associação dos Municípios do Lago de Furnas. De acordo com a Prefeitura, o valor orçado para este ano não foi suficiente. Os vereadores Sandro Deoclécio de Oliveira (Sandro Pescador) e Juliano Alves da Silva (Pão de Queijo) votaram contra.

Disseram que esse valor seria melhor investido se fosse gasto na cidade. O vereador Filipe Carielo disse que existe uma proposta para que a Alago transforme-se em consórcio e por e por isso votou a favor do repasse. Afirmou que, se isso não ocorrer, a cidade não fará mais parte da associação de municípios.

Já o Projeto de Lei 115/2020 altera a Lei número 2.996 que autoriza a abertura de crédito por excesso de arrecadação no exercício de 2020. Ele trata da doação de R$65 mil feita pela Cooxupé – Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé – para o Lar do Idoso Frederico Ozanan.

O recurso foi intermediado pelo Rotary Club de Carmo do Rio Claro para financiar a substituição de lavadoras de roupas e fogões industriais a gás. Eles serão substituídos por utensílios elétricos que serão mantidos pela usina de energia fotovoltaica, instalação que também foi adquirida com a ajuda do Rotary Club.

Também foi aprovado o Projeto de Resolução nº 006/2020, da Mesa Diretora, que abre crédito ao Orçamento da Câmara Municipal. O valor de R$80 mil será utilizado no pagamento de despesas correntes e de encargos de funcionários.

Chega no fim do ano, tem umas despesas extras, acertar o 13º do pessoal, férias, então precisa de um dinheirinho extra no fim do ano”, disse o presidente da Câmara Inácio Roberto Lopes (Inacinho dentista).