Destaques Geral

Caixa libera novas parcelas do Auxílio Emergencial

27 de junho de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – A Caixa Econômica Federal começa hoje, 27, a depositar novas parcelas do Auxílio Emergencial para os beneficiários que tiveram o cadastro aprovado e receberam até o dia 30 de abril, considerando que não fazem parte do mesmo calendário do Bolsa Família. Na região, o banco liberou mais de R$60 milhões para 92.899 pessoas que estão cadastrados na plataforma. A previsão é que mais de 40 milhões, no país, devem ter receber créditos de R$600 ou R$1,2 mil até o próximo sábado, 4 de julho.

Dados do Portal da Transparência mostram que Passos é o município que conta com o maior número de cidadãos que recebem o benefício, chegando a quase 23 mil pessoas, o que representa mais de 20% da população total. A nova etapa de pagamentos será realizada seguindo o calendário criado pelo Ministério da Cidadania, que também contempla os que devem receber a primeira e segunda parcela do Auxílio Emergencial.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou nesta sexta-feira que mais de 120 milhões de pessoas serão atendidas nos próximos meses, incluindo quem recebe o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial (BEM). Segundo ele, os valores serão creditados de maneira escalonada conforme o mês de aniversário dos beneficiários.

Todos os beneficiários vão receber o dinheiro em uma conta digital, mesmo aqueles que indicaram conta de outro banco no cadastro. O presidente da Caixa destacou que a prioridade do banco é manter o atendimento digital, de forma a evitar aglomerações de pessoas nos pontos de atendimento, seguindo os protocolos de prevenção do período de pandemia.

Por meio do cartão virtual disponibilizado pelo aplicativo Caixa Tem, as pessoas poderão fazer compras pela internet ou por máquinas de cartão em lojas físicas. Também é possível fazer pagamentos de boletos e contas de água, luz, gás e telefone. “Há um uso crescente e intenso de um desses quatro meios, 40% das pessoas já estão realizando as compras dessa maneira, disse Guimarães. Os saques em dinheiro estarão disponíveis a partir do dia 18 de julho.

Em Minas, R$3,4 bilhões já foram pagos para quase 5 milhões de pessoas. No Brasil, o valor ultrapassa R$60 bilhões, direcionados a mais de 70 milhões de cidadãos, totalizando quase 40% de toda a população.