Destaques Geral

Caixa em Passos abre amanhã para saques do auxílio emergencial

6 de junho de 2020

Foto: Helder Almeida

A agência da Caixa Econômica Federal que fica na avenida Arouca, em Passos, vai abrir, neste sábado, 6, para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial, das 8h às 12h. A segunda parcela do benefício, que já havia sido antecipada para uso digital por meio do aplicativo Caixa Tem, estará disponível para saque em espécie, de acordo com calendário, para aqueles que receberam a primeira parcela até 30 de abril. Ao todo, 680 agências estarão abertas em todo o país. Na região, somente Passos terá agência aberta amanhã.

Os beneficiários nascidos nos meses compreendidos de janeiro a junho já contam com a possibilidade de saque em espécie. A partir deste sábado, será a vez dos nascidos em julho, que poderão sacar a segunda parcela nas máquinas de autoatendimento ou nas unidades lotéricas. A relação das agências.

Para sacar, é necessário gerar um código autorizador (token) no aplicativo Caixa Tem. Caso os beneficiários tenham dificuldade para gerar o código, esse serviço poderá ser realizado nas agências do banco.

De acordo com o calendário, também será possível realizar a transferência do benefício para contas da Caixa ou de outros bancos.

A transferência de valores não movimentados pelo Caixa Tem é realizada automaticamente, de acordo com o calendário de pagamento pelo mês de nascimento, para quem indicou contas para recebimento de outros bancos ou poupança existente na Caixa. Com isso, esses beneficiários poderão procurar as instituições financeiras com quem tem relacionamento, caso queiram sacar.

A Caixa reforça que não é preciso madrugar nas filas. Todas as pessoas que chegarem em uma das 680 agências neste sábado, das 8h às 12h, serão atendidas. Elas vão receber senhas e, mesmo com as unidades fechando às 12h, o atendimento continua até o último cliente.

O banco fechou parceria com cerca de 1.270 prefeituras em todo o país para reforçar a organização das filas e manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas. A triagem nas filas foi reforçada, de forma que aqueles que não estão na data respectiva de pagamento em espécie não permaneçam no local.