Destaques Geral

Butantan identifica três casos da variante delta em Guaxupé

23 de setembro de 2021

Em guaxupé, mais de 600 pessoas participaram de estudo

GUAXUPÉ – O Instituto Butantan identificou três casos da variante delta do coronavírus (B.1.617) em moradores de Guaxupé. Segundo informações divulgadas pela prefeitura do município nesta quarta-feira, a identificação ocorreu depois que o Butantan coletou amostras de pessoas que apresentavam sintomas gripais durante o inquérito domiciliar realizado em Guaxupé para os testes clínicos da Butanvac, nova vacina produzida pelo instituto.

De acordo com a prefeitura, o Butantan informou que mais de 600 domicílios foram visitados após sorteio feito pela própria instituição, sendo que mais de 900 pessoas foram examinadas. Ainda segundo a prefeitura, a vigilância municipal já contactou os pacientes e está fazendo acompanhamento conforme protocolo nacional.

A variante delta é a que mais cresce em Minas, segundo informações da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e, atualmente, representa 50% dos casos positivos de covid-19 no estado. A evolução da variante com maior poder de propagação e maior tendência a gerar casos graves da covid-19 em não vacinados foi constatada pelo Observatório de Vigilância Genômica de Minas Gerais (OViGen) e divulgada em boletim semanal pelo grupo na página da UFMG.

A Secretaria Municipal de Saúde de Guaxupé informa que os protocolos devem continuar sendo priorizados e que novas campanhas de conscientização deverão reforçar a importância dos cuidados.

“As pessoas precisam ter em mente que a pandemia não acabou, temos que ter disciplina. Lavar as mãos, usar álcool em gel, promover o distanciamento e, principalmente, fazer uso correto da máscara deve fazer parte da rotina de todo mundo”, disse Daniela Bettelli, secretária municipal de saúde.