Destaques Geral

Brigada notifica donos de chácaras em Passos durante período do Carnaval

18 de fevereiro de 2021

Segundo a coordenadora da brigada, Gleida Dias Souza, desde sábado, 6, a fiscalização foi intensificada. / Foto: Divulgação

PASSOS – A Brigada de Enfrentamento à Covid-19 notificou e autuou donos de chácaras no município de Passos durante o período do Carnaval. Bares com amplificação sonora, chácaras do loteamento Taguaúna e Condomínio Luciana também foram autuados. Decreto publicado pela prefeitura proibiu o fechamento de ruas, uso de amplificadores de som e realização de eventos em locais públicos ou privados entre os dias 12 e 17 de fevereiro.


Você também pode gostar de: Zema comenta decisão da ANA e entidades recorrem ao Ministro

Segundo a coordenadora da brigada, Gleida Dias Souza, desde sábado, 6, a fiscalização foi intensificada.

Nós tivemos algumas queixas sobre chácaras e, ao chegar nos locais, realmente foram constatadas aglomerações. Solicitamos, então, que os responsáveis pelas festas interrompessem a reunião e fossem embora e assim foi cumprido”, disse.

De acordo com Gleida, um bar que usava de amplificação sonora foi autuado em R$5 mil durante o período.

No art. 3 do Decreto 163 é falado sobre a proibição do uso de equipamentos de amplificação sonora ou instrumentos musicais que possam incentivar aglomerações, não nos restou opção a não ser autuar. Todo mundo já sabe como funciona. O decreto vem para o bem da população com medidas de segurança. Temos que ter consciência e obedecer”, disse a coordenadora.

A coordenadora também disse que foram adotadas medidas de segurança próprias para onda vermelha do programa Minas Consciente, independente da fase de funcionamento das atividades socioeconômicas da cidade.

Recebemos denúncia de uma festa com várias pessoas aqui em Passos, no entanto, a Brigada ficou esperando por duas horas pelo apoio da PM que estaria em outra diligência e não havia ninguém para ir com a gente. Acabou por trocar o plantão e sem hora certa para o acompanhamento, nossa equipe acabou deixando o local”, disse Gleida.

Segundo ela, festas no Porto Velho e uma Rave que estariam ocorrendo no município de São João Batista do Glória também foram denunciadas. De acordo com a coordenadora, bares do município acataram o decreto de forma tranquila. O tenente da Polícia Militar de Minas Gerais Carlos Giovani Gomes disse que já há uma orientação para que a equipe ofereça apoio, sempre que solicitado.

É uma determinação. Pode ocorrer de estarmos em outras ocorrências, contudo, é só ligar em nossa Central de Ocorrências (Copom) pelos telefones 190 ou (35) 3211 2026 que nossos militares vão passar a solicitação para nossas viaturas e acompanhar a brigada”, disse. O tenente afirmou que vai apurar o ocorrido junto à companhia.