Destaques Geral

Bolsa Merenda repassou R$23,8 mi a estudantes em Minas

13 de outubro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

BELO HORIZONTE – O Governo de Minas repassou R$23,8 milhões por meio do Bolsa Merenda para 237.302 alunos de 158.763 famílias no estado. Segundo o governo do Estado, o montante é referente até a segunda etapa do programa. A execução é feita pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese). O pagamento da segunda etapa do benefício, referente a agosto e setembro, já foi efetuado para 60,6% dos alunos que se enquadram na faixa da extrema pobreza. Para 19,46% dos alunos da faixa da pobreza, os valores referentes ao mesmo período também foram repassados. O Bolsa Merenda deve beneficiar, ao todo, 469.895 alunos de 330.019 famílias.


O que você também vai ler neste artigo:

  • Bolsa Família
  • Cadastro

Bolsa Família

Criado para reduzir os impactos da paralisação das aulas presenciais na rede estadual de ensino devido à pandemia, o programa paga, desde abril deste ano, R$ 50 mensais para estudantes da rede estadual inscritos no CadÚnico, que se enquadravam em situação de extrema pobreza. Desde o início de agosto, por determinação do governador Romeu Zema, o benefício do Bolsa Merenda também foi estendido às famílias que estão situadas na faixa da pobreza. A ampliação faz parte do pacote de medidas socioassistenciais que já garantiu o aporte de R$ 62,8 milhões da Sedese em ações que visam reduzir os impactos da covid-19 para a população mineira

Cadastro

Para ter acesso ao benefício, basta que as famílias que se enquadram nas faixas de pobreza (renda per capita de R$ 89,01 a R$ 178) e extrema pobreza (até R$ 89 por pessoa), inscritas no CadÚnico, façam o cadastro no aplicativo do PagSeguro. Para isso, é necessário baixar o app PagBank PagSeguro, disponível no Google Play e na App Store, e realizar a inscrição.

É a coisa mais simples que tem para ter acesso ao benefício. O pessoal que não conseguiu ainda, é só baixar no aplicativo. Vai dar certo”, garante Fernanda Fernandes Elias, mãe de Kayky Fernandes, que estuda na Escola Estadual Ana Chaves, em Campina Verde, no Triângulo Mineiro. ​“No final de setembro, recebi juntas as duas parcelas do Bolsa Merenda. Veio direitinho e está me ajudando muito”, relata.