Destaques Esporte

Atlético vence Internacional e emplaca três vitórias no Campeonato Brasileiro

17 de junho de 2021

Reprodução

BELO HORIZONTE – Com um começo de jogo avassalador, o Atlético garantiu a terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, Nathan balançou as redes no primeiro minuto de jogo, gol suficiente para o Galo conquistar o triunfo sobre o Internacional por 1 a 0.

O gol rápido foi fundamental para a estratégia do Atlético funcionar no Beira-Rio. O Galo jogou pelo contra-ataque, mas não conseguiu marcar pela segunda vez. Defensivamente, o alvinegro suportou a pressão do time colorado e garantiu o resultado positivo.

Com a vitória fora de casa, o Atlético chegou ao terceiro lugar, com nove pontos. Já o Internacional ocupa a 14ª posição, com três.
O Atlético volta a campo apenas na próxima segunda-feira, quando recebe a Chapecoense, às 20h, no Mineirão. O Inter joga no domingo, às 16h, contra o Ceará, no Beira-Rio.

O Atlético teve diversos desfalques para a partida no Beira-Rio: Igor Rabello e Matías Zaracho, com covid-19, Nacho Fernández, com quadro gripal, e os jogadores convocados para a Copa América (Junior Alonso, Alan Franco, Eduardo Vargas e Jefferson Savarino). Além disso, o atacante Keno, com desgaste muscular, ficou no banco de reservas.

Cuca, então, mudou a formação do Galo. O time atuou no 4-5-1, com Jair e Nathan reforçando o meio-campo. E a estratégia era clara: pressionar a saída de bola do Internacional para roubar a bola e encarar um adversário desorganizado em seu setor defensivo.

E deu certo. No primeiro lance do jogo, Hulk quase saiu na cara do gol após roubada de bola. No lance seguinte, o Galo abriu o placar. Jair desarmou Jhonny no meio-campo, arrancou e acionou Hulk. O atacante passou por Cuesta e passou para Nathan, que entrou pelo meio, avançou livre e finalizou sem chances para o goleiro Daniel: 1 a 0.

Ainda nos primeiros minutos, o Atlético criou mais duas situações perigosas após roubadas de bola no campo de ataque.
Aos poucos, o Internacional foi dominando as ações. A equipe colorada se impôs em campo, adiantou a marcação no campo de ataque e dificultou a saída de jogo do Galo. O time da casa, no entanto, teve apenas uma grande chance, com Edenílson, que finalizou com perigo para fora.

O segundo tempo começou com o Atlético mais presente no campo de ataque em relação ao fim da etapa inicial. O Inter, que seguia buscando o empate, perdeu Taison, seu principal jogador, lesionado. E, logo depois da substituição, o colorado desperdiçou chance incrível. Do meio-campo, Réver recuou mal para Everson. A bola caiu no pé de Thiago Galhardo, que avançou livre, mas hesitou. O atacante conseguiu passar pelo goleiro do Galo, mas foi desarmado por Guilherme Arana.