Destaques Rápidas

Atlético-MG

16 de julho de 2021

A Conmebol se reuniu nesta quarta-feira, 14, e decidiu suspender Andres Rojas, árbitro do jogo entre Boca Juniors e Atlético, na noite dessa terça, 13, e Derlis Lopez, responsável pelo VAR. Os dois foram punidos por causa da anulação do gol da equipe argentina, marcado por Diego González, aos 34 minutos do primeiro tempo. De acordo com nota emitida pela Conmebol, Andres Rojas e Derlis Lopez estão suspensos das competições organizadas pela entidade por tempo indeterminado.


O que você também vai ler neste artigo:

  • América-MG
  • Corinthians
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Palmeiras

América-MG

Na tarde desta quarta-feira, 14, o América-MG deu continuidade aos treinamentos para as partidas do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso é apenas na segunda-feira, 19, em duelo válido pela 13ª rodada, contra o Sport, às 20 horas (horário de Brasília), na Arena Independência. As atividades começaram com exercícios de mobilidade, estabilidade e prevenção de lesões. Os goleiros fizeram o treinamento com os preparadores Marcos Gontijo e Silvio Jardim.

Corinthians

O Corinthians está mesmo no mercado em busca de contratações e a bola da vez do clube é o meia Giuliano, que estava no futebol turco. A negociação avançou nos últimos dias, e ele pode se tornar o primeiro reforço para a temporada. O Timão entrou na briga com Internacional e Grêmio, que vinham polarizando a disputa pelo jogador, que já havia atuado em ambos os rivais. No entanto, o clube paulista acredita que o desfecho positivo será em favor do Parque São Jorge.

Cruzeiro

Em meio à crise financeira e à fase ruim do Cruzeiro em campo, o presidente Sérgio Santos Rodrigues encara também questionamentos internos. Nessa quarta-feira, pouco mais de 110 pessoas, entre conselheiros e associados do clube, protocolaram, junto ao conselho deliberativo, um pedido conjunto de impeachment do mandatário, que caracterizou o documento como “peça de comédia” e “ridículo”. O pedido não deverá ter prosseguimento.

Flamengo

A performance contra o Defensa y Justicia na última quarta-feira, 14, em nada lembrou o Flamengo dominante que o torcedor se acostumou a acompanhar. E a vitória no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores não pode tirar o ponto de interrogação do que esperar do time sob o comando de Renato Gaúcho. A equipe finalizou somente cinco vezes contra 14 dos argentinos, que tiveram também maior posse de bola: 56% x 44%.

Palmeiras

O Palmeiras venceu a partida de ida das oitavas de final da Libertadores da América por 1 a 0. Jogando fora de casa contra a Universidad Católica do Chile, o time de Abel Ferreira conseguiu uma vantagem positiva para o jogo de volta, que acontecerá no Allianz Parque. Com a vitória, o time brasileiro deixou para trás o River Plate, de Marcelo Gallardo, que era dono de uma invencibilidade de 12 jogos como visitante.