Destaques Esporte

Atlético-MG

31 de outubro de 2020

Atual presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara se aproxima do fim do seu primeiro mandato. Desde que assumiu o cargo em 2018, para o triênio que se encerra ao fim deste ano, ele acumula dois anos iniciais de nenhuma conquista e discurso de austeridade nos gastos para colocar em ordem a vida financeira. Em 2020, investimentos recordes foram feitos, com aporte de investidores, e, além de conquistar o Estadual, o Galo briga pelo Campeonato Brasileiro.


O que você também vai ler neste artigo:

  • Botafogo
  • Palmeiras
  • Jemerson
  • Corinthians

Botafogo

O técnico Gallo, que se desligou recentemente do São Caetano, publicou em suas redes sociais que não houve acerto com o Botafogo. Túlio Lustosa, gerente de futebol alvinegro, já iniciou conversas com Ramon, seu ex-companheiro no clube, em 2005, demitido recentemente pelo Vasco. O cargo de treinador está vago desde a derrota para o Cuiabá, no primeiro jogo das oitavas da Copa do Brasil. Bruno Lazaroni foi afastado do cargo, depois de um mês de trabalho e aproveitamento de 44,4% em seis jogos à frente do time.

Palmeiras

Abel Ferreira deve assinar contrato com o Palmeiras antes mesmo de chegar ao Brasil. O estafe do treinador português e o clube trabalham para que seu desembarque ocorra até o próximo dia 1º. No entanto, o vínculo com o Verdão será firmado digitalmente, o que possibilitará seu anúncio de forma antecipada. Na manhã de ontem, 30, o técnico, inclusive, já se despediu do elenco do PAOK no retorno à Grécia, após a partida contra o Granada desta quinta-feira (29) pela UEFA Europa League.

Jemerson

Definido pela diretoria do Corinthians como o principal alvo para reforçar a defesa da equipe, o zagueiro Jemerson enfrenta um longo período de inatividade e está treinando afastado do elenco do Monaco, da França. A última partida de dele foi em 28 de janeiro, na derrota por 1 a 0 para o Saint-Étienne, pela Copa da França. Ou seja, na última quarta-feira, 28, ele completou nove meses sem atuar. Para piorar, nos últimos meses, o zagueiro foi afastado até mesmo dos treinamentos do Monaco.

Corinthians

O Corinthians não será indenizado pela CBF por conta da lesão do meia Gustavo Mantuan, que rompeu o ligamento do joelho esquerdo atuando pela Seleção Brasileira sub-20. Ele será operado e deve levar de seis a oito meses para voltar a atuar. De acordo com a Lei Pelé, a entidade convocadora deve ressarcir o clube pelo período em que o atleta estiver com a seleção e até que o jogador esteja apto a ser reintegrado à sua equipe. Porém, neste caso, o Corinthians entende que esse ressarcimento não deve existir pois a convocação foi para um período de treinamentos e não uma data Fifa.