Destaques Geral

Ascatur defende ações estratégicas e coordenadas para o Lago de Furnas

Por Adriana Dias / Redação

5 de novembro de 2021

Foto: Reprodução.

CAPITÓLIO – Por ocasião da visita do Secretário Nacional de Aquicultura e Pesca do Brasil, Jorge Seif Júnior, ao município de Capitólio, a conselheira diretora da Associação dos Empresários do Turismo de Capitólio (Ascatur), Rosália Paraíso, na ocasião representando a presidente da entidade, Elizângela Alves Costa Gini salientou a importância de ações estratégicas e coordenadas no Lago de Furnas.

De acordo com Rosália Paraíso, o secretário Seif Júnior apresentou durante o encontro realizado no dia 29 de outubro em Capitólio, uma postura profissional, objetiva e entusiasmada com o firme propósito de cumprir as metas determinadas pelo governo federal, no sentido de facilitar a vida daqueles que tiram seu sustento da pesca no Brasil e o quanto essa atividade tem a crescer, tanto no mercado interno quanto no externo.

Rosália Paraíso fez questão de mencionar a importância da fala do empresário Luiz Henrique de Oliveira Pádua, dirigente do tradicional Restaurante do Turvo e outros empreendimentos, sobre a grande necessidade de ações estratégicas, coordenadas e regulatórias, referente à produção principalmente de tilápia e traíra no Lago de Furnas.

“Luiz Henrique foi feliz ao registrar que essa produção hoje supre, com dificuldades, os restaurantes da região que atendem a uma demanda cada vez mais crescente, em razão do turismo pujante do destino e ressaltou ainda, que essa indústria impacta diretamente no sustento de uma série de famílias no entorno do lago”, comentou.

Rosália ainda ressaltou, que um dos grandes atrativos do destino turístico regional é o primor da culinária mineira e mais ainda, são os pratos criados com essas duas maravilhosas iguarias, cuja a produção atual é de alta qualidade, e que acabaram por consagrar no calendário oficial do município de Capitólio o Festival Sabores do Peixe, onde a maioria dos restaurantes participa apresentando uma nova criação em seus cardápios, utilizando esses ingredientes como as estrelas da gastronomia.

Infelizmente, a dirigente relatou que no período da pandemia, não se conseguiu realizar o Festival Sabores do Peixe, mas está no planejamento para 2022 com expectativa de muito sucesso e ampla abrangência.

Rosália Paraíso finalizou salientando que acredita que o uso do Lago de Furnas, com abrangência multifuncional, sistemas regulatórios decentes e consciência coletiva da iniciativa pública e privada e dos turistas, seja o futuro que está reservado. “É de prosperidade e bons frutos para toda a região”, afirmou.