Coluna MG Destaques

App de teleatendimento

26 de junho de 2020

A Prefeitura de Divinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) lançou o aplicativo de teleatendimento de casos suspeitos da Covid-19. Em coletiva de imprensa online, foi apresentada a nova plataforma que foi desenvolvida em parceria entre a Universidade de São João del Rei e a Universidade Federal de Minas Gerais, Hospital de Clínicas de Belo Horizonte e a Semusa. O professor Antônio Luiz Pinho Ribeiro, fez a apresentação dos objetivos que o novo aplicativo busca atender para os suspeitos da doença, pelo aplicativo APP Divinópolis. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)

Salinas monta sete leitos de UTI’s

O maior sonho do setor de Saúde de Salinas acaba de ser realizado: a Prefeitura concluiu a montagem de sete leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI’s), sendo que cinco deles já estão credenciados no Ministério da Saúde, os outros dois ainda estão em processo de credenciamento, mas estão prontos para entrar em operação. Conforme a Secretária de Saúde, Marlúcia Maia, a montagem dos sete leitos foram com recursos disponibilizados pelo município. (Folha Regional- Taiobeiras)

Medicamento em Casa

O programa Medicamento em Casa, que tem custo zero para o beneficiário, já atendeu aproximadamente 39 usuários de medicamentos fornecidos pela Farmácia de Minas, em Teófilo Otoni e região. Pacientes do município de Itambacuri, também, foram contemplados com a entrega em suas residências. O objetivo do programa é retirar das filas pessoas do grupo de risco da covid-19 e evitar aglomeração, na tentativa de preservar a saúde desses pacientes. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)

Justiça amplia medidas

A pedido do Ministério Público de Minas Gerais a Justiça de Ouro Preto ampliou a abrangência das medidas impostas à Vale em relação a Barragem Doutor, localizada no distrito de Antônio Pereira, em Ouro Preto. A decisão foi tomada após a realização de auditoria independente que constatou que a Zona de Autossalvamento (ZAS) é maior que a considerada pela empresa. Diante dos novos fatos apresentados pelo MPMG, a juíza de Ouro Preto, Kellen Cristini de Sales e Souza, bloqueou mais 50 milhões da empresa, totalizando agora R$ 100 milhões. (Jornal O Liberal- Itabirito)

Moc cria grupo para implantar leis

O município de Montes Claros está implantando medidas para colocar em prática as leis de combate ao racismo e por isso, a Secretaria Municipal de Educação publicou a Portaria que institui o Grupo Gestor da Política de Promoção da Igualdade Racial na Educação, com a participação de técnicos da Secretaria e representantes das equipes pedagógicas de unidades escolares do Município. O coordenador municipal de Igualdade Racial, José Gomes explica que isso é uma conquista e agora falta a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social criar esse grupo, que faz parte do Plano Municipal Intersetorial para combater o racismo no município. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

Atendimento com rodízio de CPF

A administração municipal de Caratinga publicou outro decreto com novas medidas para o enfrentamento da pandemia de covid-19. Fica estabelecida a suspensão do comércio, dos serviços e atividades não essenciais conforme decreto federal, que não atendem às necessidades inadiáveis das pessoas, a partir de 0h desta quarta-feira, 24, até o próximo domingo.

Rede de Notícias do Sindijori MG