Destaques Esporte

Após fratura no ombro, Rafael pode ficar até 6 meses sem jogar no Galo

28 de abril de 2021

Goleiro passará por novos exames para avaliar “extensão da lesão” e aguardará por avaliação. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O goleiro Rafael recebeu uma notícia ruim nesta segunda-feira. Após passar por exames mais aprofundados, o goleiro teve constatada uma luxação no ombro direito, com fratura no local machucado no segundo tempo da partida contra o Athletic, no último sábado, pelo Campeonato Mineiro. A previsão é que ele fique parado de quatro a seis meses, perdendo boa parte da temporada.

Segundo comunicado do Galo, o jogador passará por novos exames complementares. Eles servirão para constatar a necessidade de realização de cirurgia ou indicação de um tratamento convencional. Rafael se machucou em um lance aos 36 minutos do segundo tempo.

Após uma bola cruzada, o goleiro dividiu com Mococa, do Athletic, e caiu de mau jeito. A bola chegou a entrar, mas o gol foi bem anulado por impedimento do ataque da equipe de São João del-Rei. O goleiro ficou no chão, foi atendido e prontamente substituído por Matheus Mendes, que completou o jogo.

No mesmo dia, a assessoria de imprensa do Galo, minutos depois, confirmou a lesão de Rafael. Informou, ainda, que “a luxação foi reduzida no vestiário, e o atleta recebeu analgésicos, sendo imobilizado numa tipoia”. Rafael é o atual reserva imediato de Everson, titular no gol atleticano desde que chegou ao clube, em 2020.

O goleiro ex-Cruzeiro disputou quatro partidas pelo Galo nesta temporada – três quando os titulares ainda estavam em recesso, além desse jogo contra o Athletic, quando estreou sob o comando de Cuca pelo clube alvinegro. Durante a ausência de Rafael, Matheus Mendes, cria da base, assume a posição de reserva imediato.