Destaques Esporte

Após exame, Neymar é cortado da Seleção

14 de novembro de 2020

Atacante era aguardado para o próximo jogo, na terça, contra o Uruguai, mas médico da CBF diz que ele “não está pronto” para voltar. / Foto: Divulgação

SÃO PAULO – Neymar foi cortado da seleção brasileira. Um exame realizado em São Paulo, na noite de quinta-feira, 12, apontou que o jogador não conseguirá se recuperar de uma lesão no músculo adutor da perna esquerda a tempo de enfrentar o Uruguai, na próxima terça-feira. O técnico Tite já sabia que não poderia contar com Neymar diante da Venezuela, nesta sexta-feira, 13, às 21h30, no Morumbi. Mesmo assim, não quis cortá-lo antes para acompanhar como o camisa 10 iria se recuperar.

O jogador se apresentou na segunda-feira e, desde então, foi submetido a um trabalho intensivo de fisioterapia. Ele apresentou boa evolução, mas não suficiente para que estivesse disponível para o jogo contra o Uruguai. Hoje, ao chegarmos a São Paulo, nós já tínhamos programado realizar a ultrassonografia para acompanharmos a resposta da sua cicatrização”, explicou Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira.

O atacante correu em volta do campo, fez trabalhos na academia e fisioterapia em três turnos. “Trouxemos ele para que ficasse próximo, para que acompanhássemos a recuperação, mas tínhamos compromisso com o PSG para que eles acompanhassem a distancia a evolução do jogador e o passo a passo da recuperação. Esse exame que fizemos realmente confirmou que está havendo evolução, mas que o jogador ainda não está pronto para para voltar a jogar”, completou o médico.