Destaques Geral

Após 1º caso de covid, Alpinópolis retoma restrições ao comércio

18 de Maio de 2020

Foto: Divulgação (Site EBC)

ALPINÓPOLIS – A Prefeitura de Alpinópolis, onde consta um caso de paciente confirmado com covid-19, editou na sexta-feira, 15, um novo decreto pelo qual o Município adere à Deliberação nº 17 do Governo Estadual. A medida visa atendimento ao ofício conjunto do Ministério Público Regional que indica ao Município as medidas de restrição a serem tomadas.

Na prática, ficam valendo novamente as determinações que estavam aplicadas anteriormente. As mudanças mais expressivas são com relação ao fechamento de bares, restaurantes e academias que havia sido autorizado o funcionamento há cerca de duas semanas.

Segundo o decreto, apenas os bares e restaurantes às margens da estrada estão autorizados a funcionar.

Região

Onze municípios da região têm casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. Segundo boletim epidemiológico divulgado neste sábado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), até este sábado, a região somava 26 confirmações.

De acordo com o boletim, Passos, com oito casos, e Paraíso (6) são os municípios com maior número de ocorrências, seguidos por Itaú de Minas (3) e Guapé (2). Alpinópolis, Capitólio, Guaranésia, Ilicínea, Piumhi, Pratápolis e São Tomás de Aquino tem um caso, cada. Segundo a SES, os óbitos confirmados foram registrados em Capitólio, Piumhi, São Sebastião do Paraíso e São Tomás de Aquino.

Em Minas, os casos confirmados de covid-19 atingiram 4.474 neste sábado e as mortes já chegaram a 150. No Estado, a média de idade dos infectados é de 44 anos, sendo 2.536 pessoas com idade entre 20 e 49 anos. Entre os pacientes que morreram em função da covid-19, a média de idade é de 69 anos e a maioria (114) tinha 60 anos ou mais. Segundo a SES, 71 municípios mineiros já registraram mortes por covid-19 e a taxa de mortalidade da doença no Estado é de 3,4%. Minas possui 777 pessoas hospitalizadas com casos confirmados de covid-19 e 1.894 pessoas em isolamento domiciliar.

No país, até o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira, 14.817 pessoas morreram por covid-19 e o número de casos positivos chegou a 218,2 mil.