Destaques Geral

ANA e Semad-MG pedem esclarecimentos ao ONS

13 de novembro de 2020

Foto: Divulgação

BRASÍLIA – Devido à redução do nível da água nos reservatórios de Furnas e Mascarenhas de Moraes (Peixoto), em Minas Gerais, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad-MG) emitiram comunicado em que esclarecem que monitoram a situação, em especial quanto ao cumprimento das regras operativas temporárias propostas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) para atenuar o deplecionamento desses reservatórios, a serem observadas, a princípio, até abril de 2021.

Essa proposta foi motivada pelas demandas colocadas em discussões promovidas pela ANA desde março deste ano entre os órgãos gestores de recursos hídricos, os representantes de setores usuários da água e de interesses locais, o ONS, órgãos ambientais e outros.

No dia 11 de novembro, a ANA enviou ofício ao ONS manifestando preocupação quanto aos volumes armazenados, que se aproximam do limite mínimo para início da operação a fio d’água conforme a proposta de regra operativa, e solicitando esclarecimentos sobre o cumprimento dessas regras.

A ANA e a Semad-MG seguem acompanhando o cenário e verificando o cumprimento da proposta de recuperação dos reservatórios, por meio de boletins diários e por reuniões periódicas com a participação dos usuários da água e dos representantes dos setores e organizações interessados na questão.

LEIA TAMBÉM: Dr. Aquiles vira alvo e rivaliza com todos os candidatos de Passos