Destaques Esporte

América demite treinadora e anuncia reformulação no feminino

6 de julho de 2020

Divulgação (Agência Brasil)

BELO HORIZONTE – Na tarde desta sexta-feira, o América-MG comunicou a saída da treinadora Kethleen Azevedo do comando do time feminino. Junto com ela, a auxiliar Laysa Gisele também deixará a equipe do Coelho.

Segundo o América-MG, a demissão de Kethleen Azevedo e sua auxiliar faz parte de um processo de reestruturação do clube no futebol feminino, que contará com uma série de medidas em prol do avanço da categoria no Coelho. é o que explica Luiza Parreiras, supervisora de futebol feminino do América.

Seguindo a criação do caderno metodológico, que já é um projeto desenvolvido nas categorias de base do clube, a categoria do futebol feminino também vai fazer parte deste caderno. A gente vai iniciar um processo seletivo para função de coordenação técnica, que será um novo papel visando ter a uniformidade de decisões e medidas dentro da categoria” revelou.

O clube, brevemente, vai abrir um processo seletivo para essa função e, consequentemente, para treinador e auxiliar, que vão buscar seguir esses princípios e perfis que buscamos estabelecer dentro das diretrizes do nosso caderno metodológico” continuou.

Kethleen chegou ao América-MG no começo do ano passado, mais precisamente em fevereiro. No Coelho, a treinadora foi vice-campeã mineira, sendo derrotada pelo Cruzeiro na grande final. Já no Brasileiro da Série A-2, as Coelhinhas foram eliminadas nas quartas de final, ao serem derrotadas pelo Grêmio por 2 a 1 no placar agregado, adiando o sonho do acesso para a elite.
Ao todo, a treinadora comandou a equipe feminina do América-MG em 19 jogos.

Foto: Divulgação