Destaques Geral

Alpinópolis dá início à construção de escola modelo Pró-Infância

19 de Maio de 2020

Escola Municipal Modelo Pró-Infância, estimada em R$1,3 milhão que deve atender 240 crianças. / Foto: Divulgação

ALPINÓPOLIS – A prefeitura de Alpinópolis deu início nesta segunda-feira, 18, à obra de construção da Escola Municipal Modelo Pró-Infância, orçada em R$1,3 milhão. A escola está sendo construída no bairro Santa Efigênia e deve atender crianças de zero a 3 anos na creche em período integral e educação infantil de 4 a 5 anos, abrindo aproximadamente 240 novas vagas.

De acordo com o prefeito José Gabriel dos Santos Filho, o Zé da Loja, no ano de 2013 foi inaugurado o primeiro CMEI, e, com isso, a administração municipal conseguiu atender parte da população, mas sempre houve uma demanda reprimida com relação a este serviço.

O recurso que será utilizado é oriundo da cessão onerosa do pré-sal, recurso esse que entrou nas contas do Município podendo ser gasto apenas com investimento ou previdência, e decidimos por construir mais uma creche no bairro Santa Efigênia, para atender aos pedidos de inúmeros pais, assim ficamos com uma creche em cada extremidade da cidade”, explicou o prefeito.

Zé da Loja disse estar imensamente feliz porque hoje está iniciando mais um projeto que fazia parte do seu plano de governo, cumprindo mais uma promessa que fez à população. “O modelo será praticamente igual ao CMEI que fica situado no bairro Mundo Novo, seguindo o mesmo padrão”, afirmou.

A Escola ficará situada próxima ao Campo Municipal Dilú, que também está recebendo benfeitorias e investimentos do Município, que era outra promessa de campanha, e está sendo cumprida.

A nova escola irá colaborar com os pais que precisam trabalhar e não têm com quem deixar seus filhos, e poderemos também dividir melhor a cidade deixando o aluno mais próximo de sua casa. Espero que essa escola nova possa auxiliar às famílias alpinopolenses a terem mais qualidade de vida. Vamos prestando contas do andamento da obra nas nossas redes sociais”, finalizou o chefe do Executivo alpinopolense.