Destaques Esporte

Alan Franco deve ficar fora do duelo contra o Botafogo

24 de novembro de 2020

Jogador cumpriu isolamento após ter sido diagnosticado com covid, mas dificilmente será aproveitado no jogo. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O volante Alan Franco completou ontem, 23, o décimo dia de isolamento após testar positivo para a covid-19. Pela regra da CBF, poderia ser liberado para retornar aos treinos, gradativamente. Entretanto, o jogador se encontra no Equador, com outros protocolos sanitários. No entendimento da diretoria do Galo são dois obstáculos que deixam Alan Franco longe da partida diante do Botafogo. O primeiro deles é que o jogador precisa da autorização do governo do Equador para poder viajar internacionalmente. Por lá, a quarentena é de 14 dias. O Galo aguarda o “sinal verde” das autoridades de saúde do país vizinho.

As regras no Equador são ditadas pelo Comitê de Operações de Emergência Nacional (COE). De acordo com uma fonte ligada ao jogador, Alan Franco se submeteria a um novo teste de covid-19 ontem. Ainda que, num cenário positivo, ele consiga a autorização de viagem internacional com destino a Belo Horizonte e chegue à capital mineira antes do jogo de quarta, marcado para as 21h30, existe a questão da condição física. Principalmente por ter se recuperado de uma doença séria – por mais que o quadro do jogador seja assintomático –, o departamento médico do Galo fará um check-up antes de liberar o atleta para voltar às atividades.

Assim, o time pode ter até 14 desfalques para o jogo contra o Botafogo. Desde o início da pandemia, o clube divulgou nomes de 32 infectados, entre atletas, integrantes das comissões técnicas e membros da diretoria. Atualmente, dez jogadores estão afastados por terem contraído o vírus. Além dos casos de covid-19, o Atlético tem baixas por lesão: o atacante Diego Tardelli (cirurgia no tornozelo direito) e o lateral-direito Mariano (problema muscular na coxa). Já Jefferson Savarino sente dores na coxa esquerda e pode ficar fora contra o Botafogo. Outros dois jogadores cumprirão suspensão: o lateral-esquerdo Guilherme Arana e o meio-campista Dylan Borrero, punidos pela arbitragem no empate por 2 a 2 com o Ceará, no domingo, 22, no Castelão.