Destaques Geral

Acissp/CDL instalará ouvidoria do comércio paraisense

22 de janeiro de 2022

Foto: Divulgação.

S. S. PARAÍSO – A Acissp (Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de São Sebastião do Paraíso) iniciou o processo de estudos e levantamentos para a instalação da Ouvidoria do Comércio Paraisense. Tal medida tem sido incentivada pelas federações, em especial pela Federaminas (Federação das Associações Comerciais do Estado de Minas Gerais) destacando a atuação do ouvidor e a abrangência que o serviço pode alcançar entre associados e consumidores de uma localidade.

A ouvidoria é muito popular entre os órgãos governamentais, onde a sua criação e funcionamento são obrigatórios. Nas organizações privadas o setor é responsável por lidar com as reclamações que não foram resolvidas pelo atendimento ao cliente ou que podem gerar consequências negativas para as empresas.

O objetivo da Ouvidoria do Comércio Paraisense é justamente captar essas insatisfações que não foram resolvidas de imediato e buscar uma solução para a demanda apresentada pelo consumidor. Ouvindo a reclamação apresentada pelo cliente e entendendo o contexto da situação, o ouvidor buscará de forma discreta, imparcial e sigilosa a resolução do caso para que o reclamante tenha sua situação resolvida e a falha, caso seja confirmada, possa gerar um processo de melhoramento dentro do estabelecimento comercial de forma a evitar que a questão volte a se repetir.

As reclamações dos clientes podem parecer um problema irreversível no início, mas saber lidar com elas pode transformar clientes irritados em consumidores fiéis de uma marca. Pesquisa da Harvard Business Review descobriu que as pessoas que reclamaram ou escreveram comentários negativos sobre uma marca nas mídias sociais e receberam uma resposta foram mais leais depois do episódio do que aquelas que nunca reclamaram.

O objetivo da ouvidoria também será de aproximar a associação dos empresários para que ela também capte insatisfações ou problemas que possam ter acontecido do atendimento ou serviço disponibilizado pela Acissp/CDL junto aos seus associados, de forma que a mesma lógica de diluição do conflito, resolução da demanda e melhoria da instituição possam ser aplicadas.

“O objetivo é sempre manter a associação próxima dos seus associados e esse é mais um serviço que estamos iniciando a implantação. As redes sociais cada vez mais presentes no dia a dia das pessoas pode ser um catalisador de reclamações e insatisfações. Queremos trabalhar esse fator, entender o que pode estar sendo falho no sistema e encontrar soluções que nos ajudem a melhorar todos os âmbitos do comércio local. A partir desse entendimento proporemos medidas práticas e resolutivas para os problemas que forem identificados através de nossa ouvidoria”, analisou o Presidente da Acissp/CDL, Matheus Colombaroli.

O Presidente da Acissp/CDL lembra que dentre as ações de aproximação com o associado está a realização de uma pesquisa de percepção do empresário sobre a associação, seus serviços e forma de atender as demandas e expectativas dos empreendedores com relação à entidade.

“Para isso pedimos que os empresários possam acessar o site e as redes sociais da Acissp/CDL e responder ao questionário. Isso é fundamental para implantarmos a melhor forma de servir nossos associados”, conclamou Colombaroli.

Em breve o serviço estará disponível para os associados e para os consumidores do comércio local.