Coluna MG Destaques

Ação contra o aumento

9 de janeiro de 2021

As informações de que a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), vai aumentar a partir do mês de março a tarifa do tratamento do esgoto, que corresponde a um aumento em média de 60%, em relação aos valores cobrados atualmente, está gerando reação da população de Caratinga. Os advogados Clausiano Peixoto, Alexandre Lopes e Douglas Freitas decidiram que vão ingressar com uma ação popular contra a Copasa com o pedido de suspensão do aumento da tarifa. (Diário de Caratinga)


O que você também vai ler neste artigo:

  • Sustentabilidade une municípios
  • Sesi facilita testes
  • Equipamento em funcionamento
  • Norte demanda R$ 13,3 bilhões
  • Prefeitura fecha comércio
  • “Observatório” disponibilizado

Sustentabilidade une municípios

O prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage, reuniu-se, em Belo Horizonte, com o prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, o de Conceição do Mato Dentro, José Fernando Aparecido de Oliveira, e o de Nova Lima, João Marcelo Diegues Pereira. Oficialmente, os prefeitos discutiram “um projeto conjunto de sustentabilidade” para as cidades mineradoras. Os quatro podem estar articulando uma chapa para a eleição da a Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil (Amig), que ocorrerá no final deste mês. (Diário de Itabira)

Sesi facilita testes

As unidades do Sesi em Minas Gerais estão com condições especiais para as empresas realizarem o Teste Rápido da Covid-19 de seus funcionários. O teste rápido de Covid-19 IgG/IgM é um imunoensaio cromatográfico rápido para a detecção qualitativa de anticorpos IgG e IgM para 2019-nCoV em amostra de sangue total. O teste custo R$ 50,00 para micro e pequena indústria indicadas por Sindicatos; R$70,00 para Indústrias contribuintes e R$ 71,00 para as indústrias não contribuintes e sindicatos empresariais da Fiemg. (Ascom Fiemg)

Equipamento em funcionamento

Já está em funcionamento em Formiga o equipamento “GeneXpert” que tem capacidade de realizar exames RT-PCR – Padrão Ouro. A princípio, o equipamento será usado para testagem de pacientes considerados graves, além dos que necessitarem de internação imediata e não tenham diagnóstico positivo para o novo Coronavírus, e profissionais da saúde. De acordo com o secretário de Saúde, Leandro Pimentel, o material é colhido no hospital, na casa de pacientes suspeitos ou na Unidade de Referência e Triagem Covid-19 e Síndrome Gripal (tenda ao lado da UPA). (Nova Imprensa – Formiga)

Norte demanda R$ 13,3 bilhões

O sistema de transmissão da região Norte de Minas Gerais até os principais centros de carga da região Sudeste pode demandar investimentos da ordem de R$ 13,3 bilhões até 2031, de acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A projeção faz parte de relatório divulgado pela estatal de estudos energéticos e que considerou, pela primeira vez, os efeitos da geração distribuída fotovoltaica nas simulações. (Jornal de Notícias – Montes Claros)

Prefeitura fecha comércio

A prefeitura de Guaxupé editou o decreto que “prorroga o estado de emergência e restabelece o estado de quarentena no município de Guaxupé como medida para o enfrentamento da pandemia do Coronavírus e reitera a necessidade de permanência dos cidadãos em suas casas para prevenção da disseminação do Coronavírus e mantém a obrigatoriedade do uso de máscaras, além de outras providências”. No decreto, fica prorrogado o estado de emergência do município, assim como a retomada da quarentena a partir deste sábado, 9 de janeiro, por um período de dez dias. (Jornal da Região – Guaxupé)

Observatório” disponibilizado

Uma ampla gama de informações acerca do turismo em Poços de Caldas foi disponibilizada na seção “Observatório do Turismo”, no site da prefeitura. A publicação torna acessíveis diversos estudos realizados pela própria Secretaria de Turismo e que são fundamentais para pesquisa. Além disso, formam uma base de dados importante para futuros investidores e também para a própria administração municipal na tomada de decisões acerca do setor. Entre os estudos disponibilizados estão o Relatório Analítico de Demanda Turística 2019, relatórios sobre fluxo de usuários no teleférico e Véu das Noivas, dentre outros. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)

Rede de Notícias do Sindijori MG