Cidadania Destaques

1ª Corrida Virtual Dona Zilda acontece até 30 de novembro

3 de novembro de 2020

Foto: Site EBC

PASSOS – Está acontecendo a 1ª Corrida Virtual Dona Zilda, evento organizado pelo filho de Zilda Fátima de Almeida, a Dona Zilda, Matheus Soares de Almeida, de São Sebastião do Paraíso, em homenagem à Dona Zilda e em prol do Hospital Regional do Câncer (HRC) de Passos. O evento está acontecendo desde o último dia 18, de forma online, e vai até o dia 30 de novembro.

Há dez anos Dona Zilda foi diagnosticada com câncer no útero e passou por uma série de problemas de saúde. Na semana em que recebeu o diagnóstico ela foi atropelada e meses depois foi vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) que a deixou acamada. Matheus conta que depois do que aconteceu com a mãe ele passou a fazer coisas que poderiam integrar ela de volta a sociedade, e uma dessas coisas foi a corrida.

Anos depois, após entender todo esse processo como seria meu papel no meio de tudo isso, eu comecei a fazer coisas que poderiam integrar ela a sociedade. Aí comecei a fazer algumas coisas com ela, como: viajar, tirar fotos, gravar vídeos… Há uns três anos aproximadamente a gente começou a correr com um triciclo adaptado aqui na região”, conta.

Devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), Matheus e Dona Zilda tiveram que limitar suas atividades em razão do distanciamento social e não puderam participar de corridas. Segundo Matheus recentemente ele saiu com a mãe para correr no triciclo e teve a ideia de participar de uma corrida virtual, que é uma corrida em que o corredor se inscreve virtualmente e pode realizar de onde quiser.

Pensei mais um pouquinho… E eu sempre gosto de fazer coisas legais para minha mãe que exaltam ela como mulher, como pessoa e como mãe. Foi aí que tive essa ideia de fazer uma prova com o nome dela. Aí pensei mais um pouquinho… E estamos passando pelo Outubro Rosa, logo vem o Novembro Azul e pelo fato da minha mãe ter passado por todo o tratamento do câncer dela em Passos fiz um mix de ideias. Juntei tudo e fiz essa prova em prol do HRC de Passos”, explica Matheus.