Destaques Política

Câmara discute auxílio transporte para estudantes

5 de agosto de 2022

O projeto prevê a criação do Programa Municipal e auxílio ao transporte a estudantes universitários./ Foto: Divulgação.

PASSOS – Estudantes que moram em Passos e fazem cursos superiores e técnicos em outras cidades estiveram reunidos com os vereadores, nessa quinta-feira, 8, no Plenarinho da Câmara de Passos para discutir sobre o projeto que prevê auxílio transporte. A reunião foi solicitada pelo vereador Edmilson Amparado e participaram alunos, pais e representantes acadêmicos. O projeto deve ser enviado ao Legislativo é prevê a criação do programa municipal de auxílio ao transporte a estudantes universitários e de cursos técnicos que estudam fora do município.

A previsão é de orçamento de R$500 mil para custear o auxílio transporte para estudantes que fazem cursos em cidades como Franca (SP), Batatais (SP), Muzambinho (MG) e São Sebastião do Paraíso (MG), entre outras. Nesse primeiro momento, discutiram as etapas do projeto. Os estudantes e alguns pais contribuíram com sugestões e, em conjunto com os vereadores, debateram valores, número de parcelas e critérios para contemplação do benefício.

Entre os critérios estabelecidos estão o limite de distância, não ultrapassando 150 quilômetros, cursos na modalidade presencial, estudantes que comprovem a regularidade da matrícula em instituição de nível superior, públicas ou privadas e ser morador da cidade por um período de 24 meses. O valor mensal que foi definido do auxílio transporte é de R$400. No entanto, o valor será compatível com a quilometragem da cidade onde o aluno estuda.

Ao final da reunião, o vereador Maurício Silva sugeriu a criação de uma comissão para tratar desse programa com membros do Executivo, Legislativo e representantes dos estudantes para o acompanhamento desse auxílio. Edmilson Amparado definiu a reunião como produtiva e revelou satisfação com o projeto. Agora ele voltará para o Executivo com as alterações feitas na reunião e em breve retornará para a Câmara para votação. Estavam presentes o presidente da casa, Alex Bueno, Michael Silveira, Francisco Sena, Gilmara Oliveira e Luiz Carlos Dentinho.