Destaques Política

Secretarias do Glória realizam projeto de exames oftalmológicos nas escolas

Gustavo Costa

15 de junho de 2022

A intenção da prefeitura é aumentar o investimento do projeto para estendê-lo./ Foto: Divulgação.

S. J. B. GLÓRIA – As secretarias de Saúde e Educação de São João Batista do Glória desenvolveram um projeto para oferecer exames oftalmológicos para 735 estudantes com idade entre 2 a 11 anos da rede municipal de ensino. As consultas iniciais, realizadas entre 6 e 11 de junho, foram feitas por agendamento e com o acompanhamento dos pais ou responsáveis.

“As crianças foram encaminhadas ao médico oftalmologista para avaliação e teste de acuidade visual. Os casos identificados de visão prejudicadas nessa primeira consulta serão encaminhados a outra consulta oftalmológica para teste completo de refração”, disse a secretária municipal de Saúde, Silvania Vilela.

Este é o primeiro projeto de oftalmologia implantado no município e todas as etapas e logísticas foram organizadas pelas secretarias em conjunto. Uma emenda impositiva em torno de R$ 28 mil, possibilitou os atendimentos às crianças que apresentaram algum tipo de distúrbio na visão. De acordo com a prefeitura, o investimento inicial do projeto pode ser estendido para R$55 mil e atendem toda a rede de ensino.

Ainda segundo a secretária de Saúde, os alunos que pertencem a educação básica, em razão do esforço visual requerido, podem manifestar alguns distúrbios oculares, como dores de cabeça, tonturas, cansaço visual e olhos avermelhados. Esses sintomas ocorrem principalmente quando os estudantes estão realizando leituras, escritas, atividades de pintura e desenhos.

“Problemas preexistentes, não identificados e sem o devido tratamento, podem comprometer a efetividade do processo ensino/aprendizagem, levando-os ao desinteresse e, consequentemente, à evasão da escola. Sabendo que os problemas de visão podem ser evitados ou amenizados com atendimento preventivo e curativo, torna-se imprescindível que os educandos tenham acesso à consulta oftalmológica e aos óculos, propiciando, dessa forma, condições adequadas para um desenvolvimento socioeducacional completo. Devido a sua importância, o projeto foi estendido a todos os alunos, propiciando bem-estar e saúde, além de trazer benefícios financeiros, visto que, as famílias não terão de arcar com os custos do tratamento oftalmológico, especialmente aos mais vulneráveis”, completou Silvania Vilela.