Cultura Destaques

Festival de Teatro homenageia Chiquinho Negrão

Por Gabriella Alux / Redação

4 de janeiro de 2022

O homenageado da 6ª edição também completa 40 anos de teatro./ Foto: Divulgação.

A comissão organizadora do 6º Festival Nacional de Teatro de Passos (FNTP) já tem o homenageado do ano! Para a sexta edição, o escolhido é Francisco Faleiros Negrão, o Chiquinho Negrão, natural de Passos. A edição deste ano do festival será realizada no mês de julho, mas os preparativos que antecedem a realização do evento começam já no começo do ano. O evento, que já teve três edições presenciais, uma virtual e uma de forma híbrida devido a pandemia da covid-19, deverá acontecer de forma totalmente presencial neste ano.

O FNTP homenageia, em todas as suas edições, uma personalidade que contribui com a cena teatral da cidade e, para a sexta edição, o escolhido é Chiquinho Negrão. Segundo o idealizador e curador do Festival, Maurílio Romão, a escolha foi devido ao importante trabalho para o desenvolvimento das artes cênicas que Chiquinho realizou na cidade de Passos, tanto, que sua história e a história do teatro passense se mesclam.

“O Festival, tradicionalmente, lota os espaços culturais da cidade e também as praças e espaços públicos. Estamos preparando para esta edição uma verdadeira festividade, que será muito esperada depois dos últimos anos, com tempos difíceis que todos passaram. Então precisamos comemorar com muita arte, fazendo de toda a cidade um palco”, comentou o idealizador e curador do Festival, Maurílio Romão.

Chiquinho sempre abraçou o teatro em Passos e conta também com várias experiências vividas fora. Mas foi aqui, em sua terra natal, que ele realizou a maior parte de seu trabalho. Interpretou Jesus Cristo por 9 anos, encenou inúmeras peças, como ator, e muitas escritas e dirigidas por ele. Atualmente, atua profissionalmente como professor de português, literatura, artes e teatro, é teatrólogo e colunista social deste jornal Folha da Manhã.

“Eu me senti muito honrado com essa homenagem, pois é muito significativa para mim. Recebi a notícia através do Maurílio e fiquei surpreso, feliz e muito emocionado. Estou completando 40 anos de teatro. Comecei na área ainda criança, no fundo do meu quintal. Depois, passei a fazer teatro em escolas até que outras oportunidades em outros âmbitos começaram a surgir. A homenagem coincidiu com o marco das quatro décadas e veio realmente em um momento muito oportuno. Agradeço, primeiramente, a Deus, pelo dom da arte e pelas muitas oportunidades que tenho, inclusive esta da homenagem. Também, sou grato ao Maurílio Romão, a toda a Comissão de Organização do FNT, à Associação de Desenvolvimento Cultural Regional (Adesc-Regional), a todos os envolvidos no Festival e, também, a todo o público regional que sempre nos prestigia”, declarou Negrão.

O homenageado relata alguns momentos marcantes que teve relacionado ao FNT, como quando participou do júri na 3ª edição do Festival; na 4ª edição, apresentou a abertura do show de Toninho Horta, e na 5ª edição, foi convidado a ser mediador das entrevistas do José Celso Martinez Corrêa e Tonico Pereira. Para a edição de 2022, ele acredita ser um Festival histórico, uma vez que irá acontecer após as restrições devido a pandemia e o público está com muita sede de teatro presencial e, nesta edição, poderá voltar contemplar grandes peças de teatro e, com certeza, será uma grande realização.

O evento é realizado pela ADESC REGIONAL em parceria com a Prefeitura de Passos, através da Secretaria de Cultura e Patrimônio Histórico. Nesta edição, o evento contará com o apoio da Câmara Municipal dos Vereadores de Passos, que destinou recursos a diversas entidades do município, e a ADESC optou por investir na pré-produção do evento.