Dia a Dia

A páscoa de cada um

Décio Martins Cançado

12 de abril de 2022

Antes de mais nada, Páscoa significa ‘passagem’. Para os judeus, a Páscoa (Pessach) é uma antiga festa que, de acordo com a tradição bíblica, celebra a ‘passagem’ de uma vida de escravidão no Egito a uma vida de liberdade, na ‘Terra Prometida’. Após Jesus Cristo, através de sua Morte e Ressurreição, como vemos no Novo Testamento, ela passou a significar a ‘passagem’ de uma vida de pecado, angústia, sofrimento, para uma vida nova, na qual existem paz, harmonia, perdão, aceitação, compreensão e amor ao próximo, culminando, dessa forma, na nossa ‘nova’ chegada em uma ‘Nova Terra Prometida’, a ‘Vida Eterna’.
Fazendo analogia com o relato bíblico, o povo judeu caminhou, por ‘quarenta anos’, pelo deserto e, nessa caminhada, passou por inúmeras tribulações, dificuldades e desavenças, chegando mesmo a clamar contra Deus, preferindo, em determinadas situações, ter continuado escravo do Faraó.
Mas, e para cada um de nós, nos dias de hoje? Refletindo sobre este tema tão instigante, constata-se que vamos sempre encontrar desafios, problemas a serem resolvidos, insatisfações de diversos níveis, sofrimentos que surgem sem que queiramos ou desejemos. Chegar à ‘Terra Prometida’, nos dias atuais, não é tão fácil como às vezes possa parecer. É preciso caminhar, dia após dia, enfrentando desafios, vencendo-os, contornando os obstáculos que vão surgindo. Assim é em nossas vidas. Não há ninguém que possa dizer que chegou a um determinado lugar de realização, conquista, vitória ou felicidade, sem ter, antes, passado por inúmeros percalços, situações difíceis, de incompreensão, desentendimentos e desafios.
Páscoa é um tempo forte de reflexão. Muitos questionam por que essas coisas ruins, desagradáveis, inconvenientes, tristes nos acontecem. Alguns dizem que é castigo. Outros, sem nem saber o verdadeiro significado da palavra, dizem ser o seu ‘carma’. Outros se revoltam, blasfemam, entram em depressão…
Páscoa é recomeço, é renascimento! E renascer é uma condição natural e própria daqueles que buscam, incansavelmente, uma nova consciência e uma nova relação com a vida. Renascimento é atitude. É acreditar na vida, na possibilidade de, a cada dia, tornar-se uma pessoa melhor. É a hora de se sobrepor aos piores inimigos, aqueles que habitam o nosso interior: pensamentos ruins, sentimentos nefastos, mágoas, ódio, raiva… Buscar força de vontade e transformar o velho em novo – as emoções negativas, o que não traz benefícios ao seu espírito, em alegria, sabedoria e paz interior.
A cada ano, durante quarenta dias, vivenciamos a Quaresma, e tudo passa em uma velocidade incrível. Na maioria das vezes, continuamos a fazer as mesmas coisas corriqueiras e agitadas, sem nem mesmo percebermos que deveríamos renascer na Páscoa.
Alguns cientistas defendem que os seres humanos ‘falecem’ quando adormecem e ‘renascem’ quando despertam; sabendo disso, podemos, a cada dia, despertar diferentes, realizar atividades e ter atitudes melhores. Que cada um seja diferente nesse seu renascimento diário. Faça tentativas constantes e acabará verificando que é fácil, não dói e as pessoas ao seu redor também lhe tratarão com mais gentileza. Dê mais que carinho a seus filhos ou a quem você ama, dê a sua atenção, o seu tempo, os seus beijos e abraços, o seu perdão, e perceberá que, se tiver atitudes mais compreensivas e centradas, os pormenores do cotidiano se resolvem com tranquilidade.
Afirma-se que a mente humana infantil não entende o “não”, por esse motivo as crianças são verdadeiros e corajosos desbravadores. Quem trabalha e convive com crianças, acrescenta que deveríamos preservar um pouco mais a nossa mente infantil.
O verdadeiro Sentido da Páscoa está em nossas nobres ações diárias. Devemos renascer a todo o momento. Aproveite a Páscoa e renasça! Vamos ressurgir! Alma lavada, ânimo renovado, reacendendo a nossa chama interna e reafirmando a nossa fé, reconquistando a nossa paz interna, à luz da nossa Divindade.
Feliz Páscoa – Feliz ‘passagem’ para uma Vida Nova!