S. S. do Paraíso

Ser mãe

11 de Maio de 2020

Ser Mãe é Sorrir em Parafuso” é um livro que trata com humor e sinceridade visceral das dificuldades e delícias da adaptação da mulher ao novo papel. Há mães e pais que não têm medo de rir de si mesmos, daí a importância do humor para arejar a vida e garantir-lhe a indispensável leveza.

E ter a responsabilidade dos cuidados aos pequenos na febre, no cocô mole, no choro muitas vezes gritado é a certeza do amor estendido no tempo, a continuidade da família e, quando aninham-se no colo de mãe é esperança realimentada. A sátira da conhecida frase “Ser Mãe é Padecer no Paraíso” transporta-me àquela que não grita, não desespera, não perde a calma e, sobretudo, não existe. Mas, na verdade, ser mãe, formar uma nova família é uma ciranda de encantamentos que leva ao mais alto pico da felicidade.

Parabenizando ás mães de todas as idades, nossas leitoras, especiais cumprimentos desta coluna pelo dia dedicado a elas. Nas fotos as mamães com seus filhos.

Maria de Lourdes Rosa

 

 

 

 

 

 

Altair Marinzeck Borges Adriene Marinzeck Delfante

 

 

 

 

Rejane Furtado

Débora Maia Lemos Crisóstomo

 

 

 

 

 

 

 

Potinha Sousa Pimenta

Iria Maria Pelucio Borges

 

 

 

 

 

Inês Ferreira Gil

Kátia Alves

 

 

 

 

 

 

 

Rosane Rocha Rangel

Irene Barreto

 

 

 

 

 

 

 

Emiliana Fagundes

Fabrícia de Paula

 

 

 

 

Adriana Passagem