Coluna MG

Venda de material de construção cresce 12%

COLUNA MINAS GERAIS

15 de janeiro de 2022

O comércio varejista de material de construção, em Belo Horizonte e região metropolitana, registrou crescimento real de 12% em 2021. Com a pandemia de Covid-19, as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, o que estimulou diversas reformas e as vendas de materiais de construção. Para 2022, a tendência ainda é positiva e o setor deve crescer cerca de 5%. De acordo com o diretor do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Material de Construção, Tintas, Ferragens e Maquinismos de Belo Horizonte e Região (Sindimaco), Wagner Mattos, a pandemia e as medidas para evitar o avanço do vírus causaram mudanças no hábito das pessoas que passaram a valorizar mais os espaços de convivência, principalmente, dentro das casas. (Diário do Comércio – Belo Horizonte)

Construção de ossuário

Os cemitérios municipais em Araguari são, frequentemente, alvo de reivindicações por melhorias por parte da população da cidade, até por se tratar de um local onde estão armazenadas as memórias das gerações passadas e de entes queridos que já se foram. A prefeitura de Araguari, por meio da Secretaria Municipal de Obras, dessa maneira, propõe para as unidades uma série de melhorias que deve melhorar consideravelmente a organização e a estrutura nos cemitérios locais. A empresa vencedora da licitação é a LP Forte. O ossuário deverá contar com uma estrutura de 4.032 gavetas e custar aproximadamente R$1,2 milhão de reais. As 4 mil unidades devem ser distribuídas em seis módulos. (Gazeta do Triângulo – Araguari)

Aprovação de projetos artísticos

Araxá teve 39 projetos artísticos e culturais aprovados para acessarem os recursos da segunda fase da Lei Aldir Blanc. Todo o processo de cadastro e seleção de projetos foi feito em dezembro de 2021 pela Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB). Desta vez, estão sendo distribuídos R$ 476.544,63, equivalente ao valor remanescente da primeira edição do edital, executada na cidade ao longo de 2021. A Lei Federal 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, tem como objetivo central estabelecer ajuda emergencial para artistas, coletivos e empresas que atuam no setor cultural e atravessam dificuldades financeiras durante a pandemia. Ela prevê três linhas de ações emergenciais, cujos beneficiários dividem-se em artistas e espaços artísticos. (Correio de Araxá)

Vacinação por agendamento

A partir da próxima semana, a vacinação contra a covid-19 em Formiga com imunizantes da Pfizer será realizada por meio de agendamento para as pessoas que precisam tomar a dose 1, 2, 3 ou 4. A medida é necessária para evitar aglomeração nos postos de saúde. O link para o agendamento será divulgado em breve nas redes sociais e site da prefeitura. Quem precisa tomar a dose de reforço com imunizante da Janssen ou a dose 2 dos imunizantes da Astrazeneca e Coronavac não precisará de agendamento. A data e os locais em que a vacina estará disponível também será divulgada em breve. (Nova Imprensa – Formiga)

Pagamento do Fundeb

A administração de Ipatinga recebeu, nesta semana, representantes da Comissão de Educação da Câmara Municipal, momento em que informou sobre o pagamento do restante do rateio do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), nesta sexta-feira, 14, concedido aos trabalhadores da Educação que foram desligados no decorrer de 2021. O município já havia repassado, em dezembro, o pagamento a 2.885 servidores, informou o governo. O prefeito Gustavo Nunes explica que o abono refere-se à complementação da meta obrigatória de 70% dos recursos anuais totais do Fundo, que devem ser investidos exclusivamente em remuneração de pessoal. (Diário do Aço – Ipatinga)