Coluna MG

Prefeito é denunciado ao MPMG

21 de julho de 2021

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e Região Centro-Oeste (Sintram), tornou público que ajuizou uma denúncia no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), contra o prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo, acusasdo de ter cometido uma série atos irregulares, incluindo o crime de prevaricação, A entidade sindical diante do fato após a denúncia no Ministério afirma que também ajuizará uma Ação Civil Coletiva por danos morais, além de solicitar que a Câmara de Divinópolis instaure uma Comissão Especial que para investigar tal conduta do prefeito. (Divinews – Divinópolis)


O que você também vai ler neste artigo: 

  • IFMG prepara plano de retomada
  • Exposição destaca democracia do Brasil
  • Ato contra incineração de lixo
  • Estudo para implementação de monotrilho

IFMG prepara plano de retomada

Com o avanço da vacinação em diversos grupos prioritários, incluindo os trabalhadores da educação, e a tendência de queda nos índices da pandemia, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) deu início à preparação para o retorno das atividades presenciais, o que poderá ocorrer neste segundo semestre. Em Ipatinga, o campus do IFMG está sem aulas presenciais desde o dia 17 de março de 2020, quando foram suspensas devido à pandemia de covid-19. A nota também ressalta que serão adquiridos termômetros clínicos para medir a temperatura das pessoas que acessarem as dependências do IFMG, além de máscaras e protetores faciais, que serão distribuídos aos servidores e funcionários. (Diário do Aço – Ipatinga)

Exposição destaca democracia do Brasil

A fachada principal do Centro de Cultura Bernardo Mascarenhas (CCBM), em Juiz de Fora, se tornou moldura para uma série de fotos que destacam momentos marcantes da história política brasileira. A exposição de caráter itinerante chamada “Democracia em disputa” faz sua estreia nacional do município. Os que circulam pela área central da cidade poderão apreciar as fotos por três meses, antes de elas circularem por outros municípios. A realização é do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Democracia e Democratização da Comunicação (INCT Democracia), com apoio da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), por meio da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa). (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Ato contra incineração de lixo

As associações que atuam como catadores de resíduos em Montes Claros realizaram um protesto, na praça Doutor João Alves, do Automóvel Clube, contra a proposta de incinerar o lixo. O engenheiro ambientalista Pedro Bicalho afirma que o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira Leite, com o apoio do Governo do Estado segue colocando em curso a estratégia de “passar a boiada” em tempos de pandemia. O edital é parte do Programa Lixão Zero do Governo Federal com dotação orçamentária de R$100 milhões, provenientes de recursos do Acordo Substitutivo de Multa Ambiental nº 01/2020, celebrado entre a Mineradora Vale S.A e o Ibama, por ocasião do rompimento da Barragem Córrego do Feijão em Brumadinho, em janeiro de 2019, o maior crime ambiental e trabalhista da nossa história. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

Estudo para implementação de monotrilho

O objetivo do monotrilho de Poços de Caldas era ser transporte públicom, mas a concessão passou por falhas técnicas, desabamento de pilastras e longos períodos de inatividade, e o equipamento acabou sendo aceito pela administração em 22/02/2019, passando a pertencer ao município. Atualmente, a administração pretende retomar o funcionamento do monotrilho e procura interessados para uma possível licitação. O projeto contempla três linhas, a partir do centro, onde já existe o terminal de ônibus: oeste, basicamente o mesmo trajeto já existente, leste, até o Sest-Senat, sul, que vai cortar o centro da cidade, seguindo pela rua Rio Grande do Sul até a praça Dom Pedro II, alcançando a avenida Santo Antônio e Edmundo Cardillo. (Jornal da Mantiqueira – Poços de Caldas)

Rede de Notícias do Sindijori MG