Coluna MG

Ocorrências de estelionato

24 de março de 2021

O número de ocorrências registradas de estelionato tentado e consumado no primeiro bimestre de 2021 em Uberlândia aumentou 11,6% em relação ao total verificado no mesmo período do ano passado. Os dados são da Polícia Militar (PM). Somente nos dois primeiros meses do ano, foram contabilizadas 721 ocorrências deste tipo na cidade. Em igual período de 2020, a PM registrou 646 estelionatos tentados e consumados no município. Em janeiro, o número de ocorrências desta natureza aumentou de 336 em 2020 para 382 em 2021. (Diário de Uberlândia)


O que você também vai ler neste artigo:

  • Taxa de transmissão
  • Nova captação em Valadares
  • Turvolândia pede 10 mil doses
  • Ocupação chega a 100%
  • Letalidade em JF supera a de Minas
  • Repasse para hospital

Taxa de transmissão

Ainda é bastante preocupante a situação da Covid-19 em Uberaba. Segundo informou a doutora em matemática pela UFTM Michelli Maldonado, pelas redes sociais, a décima-primeira semana, que fechou no sábado, 20, foi a pior semana da pandemia na cidade com relação ao número de óbitos. Naqueles sete dias, 39 pessoas perderam a batalha contra a Covid. O recorde de óbitos em 24h também aconteceu durante a décima-primeira semana, com 10 mortes confirmadas no dia 15 de março. (Jornal da Manhã- Uberaba)

Nova captação em Valadares

A tão sonhada nova captação alternativa de água para Governador Valadares está prevista para ser concluída ainda em 2021. Pelo menos é o que garante a Fundação Renova, que é responsável pela execução da obra. O investimento é de aproximadamente R$ 155 milhões. Depois do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em 2015, quando o rio Doce foi devastado com uma enxurrada de rejeitos, novos meios de captação de água passaram a ser reivindicados pela população de Valadares. Desde o início das obras, várias datas de previsão foram divulgadas, uma delas em dezembro de 2020. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

Turvolândia pede 10 mil doses

A Prefeitura de Turvolândia assinou, no dia 19 de março, uma carta direcionada ao Consulado Russo Brasileiro manifestando a intenção de compra de 10 mil doses da vacina Sputinik V para o município. De acordo com o prefeito José Nelson Martins, correr atrás de soluções é serviço fundamental da administração pública. O município também já manifestou a vontade de comprar mais 10 mil doses por meio do consórcio da Frente Municipal dos Prefeitos. (Jornal Panorama – Baependi)

Ocupação chega a 100%

As Santas Casas de Poços de Caldas e Guaxupé atingiram 100% de suas capacidades de atendimento nos leitos de UTI destinados a pacientes da Covid-19 no início desta semana. Em Poços de Caldas, conforme a instituição, todos os 20 leitos da unidade estão ocupados. Já em Guaxupé, segundo comunicado da prefeitura, a lotação de UTI extrapolou os 100% e hoje é de 121%. Conforme comunicado divulgado pelo diretor da Santa Casa de Poços de Caldas, Ricardo Sá, a partir desta segunda-feira, 22, todas as cirurgias eletivas do hospital serão canceladas e apenas atendimentos de urgência e emergência serão atendidos. (Jornal Andradas Hoje)

Letalidade em JF supera a de Minas

A 23ª edição do boletim informativo da Covid-19, publicado pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), na plataforma JF Salvando Todos, aponta aumento expressivo na média móvel de mortes e casos confirmados na cidade. O estudo confirma que a taxa de letalidade de Juiz de Fora já supera a de Minas Gerais e a do Brasil. De acordo com o boletim, na última segunda-feira, 15, a cidade havia registrado taxa de letalidade igual a 4,12%, enquanto o mesmo parâmetro para o estado de Minas Gerais é de 2,12%, ou seja, quase o dobro. A taxa atual de Juiz de Fora também é muito superior à do Brasil, que é de 2,42%. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Repasse para hospital

O Governo de Minas, através da Secretaria de Estado de Saúde, sinalizou que fará um possível repasse em torno de R$ 3.600.000,00 para viabilizar obras de adequação, para abertura de leitos de hospital de campanha na estrutura do Hospital Regional de Divinópolis. Esse valor será utilizado para a adequação de uma ala que será utilizada para tratamento de pessoas com Covid-19 e para compra de equipamentos.

Rede de Notícias do Sindijori MG